Capa da Página Volante Henrique se despede do Fluminense e retorna ao Cruzeiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 22º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Volante Henrique se despede do Fluminense e retorna ao Cruzeiro

25/06/2020 às 09:00h

Facebook
O Cruzeiro terá um reforço caseiro para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Trata-se do volante Henrique, que defendeu o Fluminense por empréstimo no primeiro semestre. A diretoria tricolor* oficializou a saída do jogador na tarde desta quarta-feira.

“O volante Henrique solicitou nesta quarta-feira a rescisão do seu contrato com o Fluminense em razão de questões de ordem pessoal e a consequente necessidade de retornar a Belo Horizonte. O clube agradece ao atleta pelos serviços e deseja o melhor no prosseguimento da sua carreira”, manifestou-se o clube, via assessoria de comunicação.

A informação do retorno de Henrique ao Cruzeiro foi publicada inicialmente por Marcelo Jorand, influenciador digital que usa seu perfil no Twitter para compartilhar assuntos referentes ao Flu.

Mais cedo, em contato com o Superesportes, o diretor-técnico celeste Deivid disse que apenas o diretor de futebol Ricardo Drubscky poderia falar sobre o assunto. Também procurado pela reportagem, Drubscky não atendeu os telefonemas e nem tampouco retornou as mensagens.

No fim da tarde, o Cruzeiro divulgou um vídeo no qual o presidente Sérgio Santos Rodrigues anunciou o retorno de Henrique. “Com muita alegria informo para a nação azul que está de volta um atleta que tem 516 jogos pelo Cruzeiro (...). São muitos troféus. Os últimos da Copa do Brasil, inclusive, foi o Henrique quem levantou como capitão do Cruzeiro. Ele retorna para o time de onde nunca deveria ter saído”.

“Estamos todos muito felizes, e eu tenho certeza que ele também. Volta para nos ajudar nesse processo de retorno à Série A para fazer companhia a esses guerreiros que também ficaram aqui nesse momento difícil, que eu tenho certeza que amam o Cruzeiro. Eles têm paixão, caráter e, com certeza, vão construir com vocês um novo Cruzeiro. Bem-vindo Henrique a uma nova temporada, com certeza de muito sucesso. A nação azul te agradece e te abraça!”.

Henrique, de 35 anos, tinha contrato com o tricolor até dezembro de 2020. Em sete jogos este ano, todos como titular, foi substituído em duas ocasiões pelo técnico Odair Helmann.

No clássico contra o Flamengo, em 12 de fevereiro, pela Taça Guanabara, o camisa 8 recebeu críticas de torcedores tricolores por estar desatento no lance do primeiro gol adversário.

Ele não conseguiu dominar a bola passada por Wellington Silva e acabou perdendo na corrida para Gabriel, que conduziu a redonda em velocidade e converteu a finalização. O Fluminense foi derrotado por 3 a 2.

Repactuação salarial

Vinculado ao Cruzeiro até dezembro de 2021, Henrique terá o salário repactuado, já que sua remuneração extrapola o teto de R$ 150 mil para a Série B - assim como o goleiro Fábio, o zagueiro Léo, o volante Ariel Cabral e o atacante Marcelo Moreno.

Esses jogadores vão receber a diferença em 20 parcelas a partir de abril de 2021. Para honrar o compromisso, o clube conta com o acesso à Série A do Brasileiro e o consequente aumento em receitas.

De 2016 a 2019, Henrique foi capitão do Cruzeiro, sendo responsável por erguer os troféus da Copa do Brasil (2017 e 2018) e do Campeonato Mineiro (2018 e 2019). Também fez parte dos times vencedores dos estaduais de 2008, 2009, 2011 e 2014, e dos Brasileiros de 2013 e 2014.

Com 516 partidas, o meio-campista é o oitavo atleta que mais vestiu a camisa cruzeirense. Embora seja volante de contenção, sem características de bater faltas e pênaltis, marcou 27 gols - boa parte em chutes de fora da área e finalizações de cabeça.

Fonte: Super Esportes

Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: