Capa da Página Após pico da pandemia, todas as regiões de Minas estão na onda verde do plano de retomada da economia - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

13/09/2021 às 07:46h

Após pico da pandemia, todas as regiões de Minas estão na onda verde do plano de retomada da economia

Facebook

A macrorregião de saúde Triângulo do Sul pôde avançar para onda verde do Minas Consciente desde o último sábado (11/9). O progresso foi anunciado na quinta-feira passada (9/9) pelo Comitê Extraordinário Covid-19, grupo de trabalho e acompanhamento da pandemia.


Com a mudança, todo o estado, pela primeira vez depois dos inúmeros casos de infecções e mortes pela Covid-19 ficará na fase mais flexível do plano criado para a retomada gradual e segura das atividades econômicas.

Indicadores da doença continuam com previsão de queda puxados pelo avanço da vacinação. Mais de 20 milhões de doses já foram aplicadas em Minas Gerais. Além disso, 40% da população adulta (18 anos ou mais) receberam a segunda dose ou dose única do imunizante.

Em entrevista, o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Bacheretti faz um balanço da situação de Minas Gerais neste momento de baixa nos casos de Covid-19:

Clique e ouça Fábio Bacheretti

Além dos números da imunização em Minas Gerais, outros indicadores da pandemia foram apresentados pelo Comitê Covid. Conforme o último relatório, a taxa de incidência do coronavírus registrou queda de 37% na última semana e de 44% nos 14 dias anteriores. Já as internações caíram 35% em quatro semanas. Vinte e cinco pessoas aguardam por uma vaga de UTI Covid. Esse número chegou a 227 em 10/6.

Vale ressaltar que mesmo com o cenário mais positivo em relação aos casos de Covid-19, a população precisa estar atenta e continuar se cuidando, utilizando máscaras, álcool em gel nas mãos ou outro tipo de sanitizante e mantendo o distanciamento social no dia a dia.

Por Henrique Silva



Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: