Capa da Página Homem tenta atropelar ex-companheira em bar no bairro Senador Valadares - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 18º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

30/09/2020 às 09:00h

Homem tenta atropelar ex-companheira em bar no bairro Senador Valadares

Facebook

Um homem de 38 anos tentou atropelar a ex-companheira de 36, durante o último fim de semana em um bar localizado na Avenida Presidente Vargas, altura do bairro Senador Valadares, em Pará de Minas. A amiga da vítima, de 54 anos acabou ferida. O autor não foi encontrado pela Polícia Militar. O crime foi registrado por câmeras de segurança de um estabelecimento.

O fato ganhou grande repercussão em Pará de Minas nessa terça-feira (29), após as imagens serem divulgadas nas redes sociais. Diante da situação, nossa reportagem procurou a 19ª Companhia Independente da Polícia Militar que divulgou a ocorrência para a imprensa pará-minense.

Na noite do último sábado (26), por volta de 21h20, a Polícia Militar compareceu ao bar, onde a vítima de 36 anos relatou aos policiais que estava sentada em torno de uma mesa, na companhia da amiga de 54 anos, quando chegou ao local, seu ex-companheiro, de 38 anos, que ficou um certo tempo no estabelecimento.

Relatou ainda a vítima, que em determinado momento, o autor saiu do bar e foi até seu veículo Fiat Cronos, cor branca. Em seguida, o motorista manobrou o carro e entrou em marcha ré no passeio em frente ao estabelecimento, aparentemente de maneira intencional, batendo a traseira do automóvel contra as cadeiras, mesas e frequentadores. A mulher de 54 anos teve lesões na boca e ficou com dores de cabeça Ela foi socorrida à UPA 24 horas.

Ainda segundo a vítima de 36 anos, a motivação dos atos violentos do autor ocorreu, pois ele não aceita o fim do relacionamento com ela e o ataque foi dirigido a sua pessoa. O infrator fugiu logo após o fato e não foi encontrado no rastreamento feito pelos militares. Ele foi identificado de maneira completa no registro da ocorrência encaminhada à Polícia Civil, para as demais providências.


Por Sérgio Viana

Imagens: Redes Sociais


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: