Capa da Página Crise - Cidadania - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cidadania

25/09/2014

Crise

Facebook

                                         AGE20140815209.jpg

O nível nos reservatórios do Sistema Cantareira segue em queda e atingiu nesta quinta-feira (25) 7,4% de sua capacidade de armazenamento, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Há um ano, o volume armazenado era 41,6%.A Agência Nacional de Águas (ANA) informou, na manhã desta quarta, que ainda não recebeu o Plano Operacional dos Reservatórios, que deveria ser entregue pela Sabesp. O estudo é exigido para que a companhia seja autorizada a utilizar a segunda cota da reserva técnica do Cantareira, o chamado volume morto, que introduziria 106 bilhões de litros de água ao sistema. A Sabesp tem até sábado (27) para enviar o documento.

De acordo com a companhia, a obra para captação da segunda cota, que foi autorizada pelas agências reguladoras, está em andamento, mas só será usada se houver necessidade. Mesmo que não haja chuva, o abastecimento se sustenta até março de 2015, quando é retomada a estação chuvosa, garante a companhia.

O Cantareira, que fornece água para 9 milhões de pessoas na Grande São Paulo e para as bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, sofre a maior falta de chuva de sua história. Em maio, teve início o uso da reserva técnica, que acrescentou 182,5 bilhões de litros de água, o equivalente a 18,5%, do volume total do sistema. 

Fonte: Jornal O Tempo

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: