Capa da Página Jovem que estava na China é internada em BH com suspeita de coronavírus - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

28/01/2020 às 08:58h

Jovem que estava na China é internada em BH com suspeita de coronavírus

Facebook

Uma jovem de 22 anos está internada em Belo Horizonte desde a última sexta-feira (24) com sintomas do novo coronavírus, doença que já infectou pelo menos 2.700 pessoas na China, deixando 81 mortos. Apesar da nova suspeita em BH, a segunda em menos de uma semana, até o momento não há registro de casos confirmados no Brasil.

Segundo nota da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), a paciente, que esteve em viagem para a China, foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Centro-Sul de Belo Horizonte, com alguns sintomas respiratórios e febre baixa. "A paciente passa bem, já recebeu atendimento e todas as providências necessárias foram tomadas. Ela será transferida para o hospital Eduardo de Menezes para ser acompanhada", diz o comunicado.

Ainda de acordo com a nota da secretaria, o caso será discutido com o Ministério da Saúde. "Assim que tivermos novas atualizações, iremos informar", completa.

Segundo caso

Apesar de não haver nenhum registro da doença ainda confirmado no Brasil, este é o segundo caso suspeito somente em BH. Uma mulher, de 35 anos, internada na última terça (21) no Hospital Eduardo de Menezes após retornar de uma viagem à China, teve o quadro investigado, mas o diagnóstico foi descartado para a doença dois dias depois, na quinta-feira (23).

Segundo a SES-MG, a mulher não atendia ao critério que a encaixaria em caso suspeito. A notificação foi retirada após a pasta ter acesso às orientações oficiais do Ministério da Saúde, às quais a mulher não se encaixava no requisitos.

Sem controle

Autoridades de saúde da China informam que o número de pessoas diagnosticadas com a pneumonia causada pela nova variante do coronavírus passou de 2.700 apenas no país. Segundo as autoridades chinesas, um total de 81 pessoas morreram em decorrência da doença.

A Comissão Nacional de Saúde informou que foram registrados casos da infecção em praticamente todo o país. As autoridades chinesas afirmam que a nova variante do coronavírus sofreu mutações, tornando-se mais contagiosa.

Fonte: Hoje em Dia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: