Capa da Página Sobe para 101 número de cidades mineiras em situação de emergência por causa das chuvas - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

27/01/2020 às 10:18h

Sobe para 101 número de cidades mineiras em situação de emergência por causa das chuvas

Facebook

O número de municípios mineiros em situação de emergência por causa das chuvas subiu para 101 na manhã desta segunda-feira (27). Segundo a Defesa Civil de Minas Gerais, as últimas cidades que entraram na lista são Diamantina e Nova Era, na região Central do Estado.  O decreto deve ser publicado ainda nesta manhã, segundo informou o coordenador adjunto da Defesa Civil, tenente-coronel Flávio Godinho. 

Desde a última quinta-feira (23) até este domingo (26), 44 pessoas perderam suas vidas em incidentes provocados pelas chuvas no Estado. 19 pessoas seguem desaparecidas. Além disso, são 13.887 desalojados, 3.354 desabrigados e doze feridos.

E a situação de alerta para risco geológico se mantém, apesar de o sol ter aparecido nesta segunda, pelo menos em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Segundo o meteorologista Cleber Souza, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de chuvas fracas a moderadas durante toda a semana e em todas as regiões de Minas. 

Com isso, o solo continua encharcado ou mesmo úmido, quando não há chuva, mantendo o risco de deslizamentos e desabamentos. Souza explica que para se eliminar este risco, seriam necessários vários dias de sol e sem chuvas. 

A Defesa Civil de Belo Horizonte reforça que o alerta para risco geológico está mantido, pelo menos, até a próxima sexta-feira (31). Já o tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil Estadual, relata que, inclusive, nesta terça-feira (28), há previsão de chuvas fortes no interior, com volumes de 50 mm a 100 mm no Vale do Mucuri e na região da cidade de Paracatu.   

Em Belo Horizonte, a prefeitura recebeu 1.271 chamados por causa da chuva somente nos últimos quatro dia, se quinta (23) a domingo (26), sendo que a maioria das solicitações são para vistorias de escorregamentos ou deslizamentos (223), risco ou ameaça destes incidentes (146), deslizamentos de encosta (164), alagamentos (77), enchentes ou inundações (66).

Fonte: Hoje em Dia


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: