Capa da Página Sul-africana é coroada Miss Universo 2019 e fala contra o racismo - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

09/12/2019 às 11:06h

Sul-africana é coroada Miss Universo 2019 e fala contra o racismo

Facebook

A sul-africana Zozibini Tunzi venceu neste domingo o Miss Universo 2019, em evento realizado Atlanta, nos Estados Unidos, com 88 candidatas. Ao receber a coroa, destacou mensagens contra o preconceito, o racismo e o machismo.

Tunzi é a terceira sul-africana a levar o título, após as vitórias de Demi-Leigh Nel-Peters (2017) e Margaret Gardiner (1978), e também a primeira negra a vencer o concurso desde 2011, quando Leila Lopes, de Angola, ganhou no Brasil.

Tunzi falou sobre as dificuldades das mulheres negras de se verem bonitas. “A sociedade foi programada durante muito tempo para que não ver a beleza de maneira negra. Mas agora estamos entrando em um tempo em que finalmente as mulheres como eu podem saber que somos bonitas”.


Brasileira
A brasileira Julia Horta foi classificada entre as 20 mais bonitas e não foi à rodada final.

Fonte: G1

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: