Capa da Página Bicampeão mundial, brasileiro confirma favoritismo e leva ouro na canoagem - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

13/07/2015

Bicampeão mundial, brasileiro confirma favoritismo e leva ouro na canoagem

Facebook

Isaquias Queiroz conquistou mais uma medalha de ouro para o Brasil no Pan-Americano de Toronto. Na final da canoagem velocidade na categoria C1 1000, o baiano de 21 anos foi dominante e garantiu a primeira colocação com o tempo de 4min07s866.

Bicampeão mundial, o brasileiro confirmou favoritismo na modalidade para se juntar ao judô (duas vezes), ao tiro e à patinação como esportes que deram ouro ao Brasil na competição até o momento. "Depois dos 500m, começou a bater muito vento na cara e eu tive que adaptar meu ritmo para essa adversidade, mas nos metros finais vi que estava bem na prova e fiquei mais tranquilo", explicou Isaquias.

Mark Oldershaw foi prata na prova de C1 1000, longe do brasileiro. O canadense, que é medalhista olímpico, fechou a prova com 4min09s587. O mexicano Jose Cristobal completou o pódio, com 4min14s572.

O baiano de 21 anos usa o evento no Canadá para se preparar para o Mundial da Itália, que acontecerá em Milão, em agosto. A prioridade de Isaquias Queiroz é dar um salto na competição que reúne os melhores da modalidade.

"Muito satisfeito e espero que venha mais. Eu sabia que podia ganhar, porque já venho de vitórias sobre ele [canadense Mark Oldershaw] em Mundiais, mas agora vem a Copa do Mundo e tenho que fechar o foco para 2016, porque o importante é a medalha olímpica", ressaltou o atleta.

Das quatro medalhas que já conquistou em Mundiais, duas delas são douradas. Foi dominante na categoria C1 500m nas competições realizadas em Duisburg-2013 e em Moscou-2014. As outras foram de bronze, no C1 1.000 na Alemanha e no C1 200 na Rússia.

Fonte: Uol

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: