Capa da Página Campeonato Mineiro tem Atlético ainda mais favorito, Cruzeiro em reconstrução e time estreante - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 20º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

21/01/2020 às 09:55h

Campeonato Mineiro tem Atlético ainda mais favorito, Cruzeiro em reconstrução e time estreante

Facebook

Vamos para mais um Campeonato Mineiro! O Estadual das Gerais começa nesta terça-feira (21) com dois jogos: Coimbra x URT, no Independência, às 20h, e Atlético x Uberlândia, no Parque do Sabiá, às 21h30. 

O cenário, desta vez, apresenta o Atlético como o maior favorito para levar a competição, já que o arquirrival Cruzeiro está em processo de reconstrução e vive a maior crise de sua história após a queda inédita para a segunda divisão do Brasileirão. O América aposta na continuidade da base que fez boa Série B em 2019 para conseguir êxito no Estadual deste ano. 

Entre as equipes do interior, destaque para o Coimbra, que disputará pela primeira vez a elite do futebol mineiro. Também vem do Módulo II o Uberlândia, que, ao contrário de outras edições, vai apostar na base para, pelo menos, se manter na primeira divisão. 

Os nove clubes do interior, e nessa lista entram Villa Nova, de Nova Lima, e Coimbra, de Contagem, cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte, tentam diminuir o desequilíbrio em relação à capital, que foi uma marca do Estadual do ano passado.


Pelo interior, muitos figuirinhas já conhecidas, como o atacante Ademilson (Tupynambás), Bruno Mineiro (Coimbra), Ibson (Tombense) e Leandro Salino (Uberlândia).

Fórmula de disputa

A fórmula é a mesma de 2017. O torneio será disputado em turno único, com 11 rodadas, em que os quatro melhores classificados vão disputar as semifinais, e posteriormente as finais, ambas em jogos de ida e volta. 

Os dois piores classificados serão rebaixados para o Módulo II.

Quem disputa o Campeonato Mineiro 2020? 

América

Nome: América Futebol Clube

Fundação: 30 de abril de 1912

Sede: Belo Horizonte

Desempenho: Semifinalista

Técnico: Felipe Conceição

Destaque: Matheusinho

O acesso para a Série A do Brasileiro não veio em 2019, mas a base da equipe que fez uma campanha histórica de recuperação foi mantida para 2020. O elenco ainda foi reforçado e será comandado mais uma vez por Felipe Conceição. Com o Cruzeiro enfraquecido, e o Atlético cheio de incertezas, o Coelho entra com significativas chances de título.

Atlético

Nome: Clube Atlético Mineiro

Fundação: 25 de março de 1908

Sede: Belo Horizonte

Desempenho: Vice-campeão

Treinador: Rafael Dudamel

Destaques: Jair e Allan

Maior campeão mineiro, com 44 taças, o Galo não levanta o caneco desde 2017, perdendo o título para o Cruzeiro nos dois últimos anos. Agora, o time comandado pelo venezuelano Rafael Dudamel carrega a responsabilidade de ser o grande favorito para conquistar o torneio, já que seu maior rival vive a maior crise de sua história.

Boa Esporte

Nome: Boa Esporte Clube

Fundação: 30 de abril de 1947 em Ituiutaba. Se transferiu para Varginha e mudou de nome em 2011

Sede: Varginha

Desempenho em 2019: Semifinalista

Técnico: Nedo Xavier

Destaque: Gindré 

Campeão do interior em 2019, o Boa tinha a esperança de uma boa campanha na Série C. No entanto, o desempenho foi longe do esperado, e a equipe de Varginha terminou na oitava colocação do grupo B da competição. Como novidade em relação a anos anteriores, está a manutenção de boa parte do elenco para 2020.

Caldense

Nome: Associação Atlética Caldense

Fundação: 7 de setembro de 1925

Sede: Poços de Caldas

Desempenho em 2019: Chegou às quartas de final

Técnico: Marcus Paulo Grippi

Destaque: Mariotto

A Veterena segue parceira de um grupo de empresários de São Paulo, que investe no Periquito. A base da equipe que disputou a Série D do Brasileiro foi mantida, assim como o técnico Marcus Paulo Grippi. No início de 2020, a Caldense enfrentou o São Paulo em um jogo-treino, mas foi facilmente batida pelo Tricolor, por 6 a 1. 

Coimbra

Nome: Coimbra Sports

Fundação: 6 de janeiro de 1986

Sede: Contagem

Desempenho em 2019: Campeão do Módulo II

Técnico: Diogo Giacomini

Destaque: Uilson e Bruno Mineiro

A equipe comandada por Diogo Giacomini jogará pela primeira vez na elite mineira. Além do goleiro Uilson, há no elenco vários jogadores com passagens pelo Atlético, como o lateral-direito Alex Silva, o volante Ralph e os meias Daniel Penha e Thalys. O fator casa pode pesar, já que a equipe mandará seus jogos no Independência.

Cruzeiro

Nome: Cruzeiro Esporte Clube

Fundação: 2 de janeiro de 1921

Sede: Belo Horizonte

Desempenho: Atual campeão

Treinador: Adilson Batista

Destaque: Fábio

Com 39 conquistas do Campeonato Mineiro e atual bicampeão da competição, o Cruzeiro entrará em campo ciente de que o torneio servirá de “laboratório”, visando ao principal desafio do clube na temporada: voltar à elite do futebol brasileiro. Com um elenco de poucos medalhões e vários jovens, o time celeste espera surpreender.

Patrocinense

Nome: Clube Atlético Patrocinense

Fundação: 19 de março de 1954

Sede: Patrocínio

Desempenho em 2019: Chegou às quartas de final

Técnico: Thiago Oliveira

Destaque: Rogerinho

A equipe de Patrocínio começou a pré-temporada no dia 9 de dezembro do ano passado, se preparando para esta edição do Campeonato Mineiro. A águia, que disputou a Série D do Brasileiro pela primeira vez em 2019, aposta em atletas jovens, que devem ter espaço na equipe comandada por Thiago Oliveira.

Tombense

Nome: Tombense Futebol Clube

Fundação: 7 de setembro de 1914

Sede: Tombos

Desempenho em 2019: Chegou às quartas de final

Técnico: Eugênio Souza

Destaques: Ibson e Felipe Garcia

Desde a primeira participação na elite do futebol mineiro, em 2015, a centenária equipe de Tombos vem se consolidando como uma das equipes mais fortes do interior mineiro, tanto que disputa a Série C do Brasileiro. Mais uma vez, o clube da zona da mata promete incomodar, contando com jogadores experientes, como o volante Ibson, ex-Flamengo.

Tupynambás

Nome: Tupynambás Futebol Clube

Fundação: 15 de agosto de 1911

Sede: Juiz de Fora

Desempenho em 2019: Chegou às quartas de final

Técnico: Paulo Campos

Destaque: Ademilson e Lúcio

A tabela do Mineiro não foi nada amigável com a equipe de Juiz de Fora. Após a estreia diante do Tombense, o Baeta enfrentará os três grandes da capital em sequência. Conseguir arrancar pontos preciosos nas primeiras partidas da competição pode ser um ponto decisivo na campanha do Tupynambás no torneio.

Uberlândia

Nome: Uberlândia Esporte Clube

Fundação: 1 de novembro de 1922

Sede: Uberlândia

Desempenho em 2019: Vice-campeão do Módulo II 

Técnico: Felipe Surian

Destaque: Leandro Salino

O tradicional clube do Triângulo Mineiro está de volta à elite do Estadual. Para a disputa da edição de 2020, o Verdão terá uma mescla de jogadores experientes com jovens da base. Pelo menos 15 atletas formados no clube estarão à disposição do técnico Fellipe Surian para a disputa do torneio.

URT

Nome: União Recreativa dos Trabalhadores

Fundação: 9 de julho de 1939

Sede: Patos de Minas

Desempenho em 2019: 10º lugar

Técnico: Ademir Fonseca

Destaque: Mirrai

Acostumado a incomodar os grandes em vários Campeonatos Mineiros, a URT não conseguiu repetir o bom desempenho em 2019, se mantendo na elite do futebol mineiro apenas na última rodada. Agora, sob o comando de Ademir Fonseca, o Trovão Azul busca a retomada de boas campanhas no estadual.

Villa Nova

Nome: Villa Nova Atlético Clube

Fundação: 28 de junho de 1908

Sede: Nova Lima

Desempenho em 2019: 9º lugar

Técnico: Emerson Ávila

Destaque: Vitor Júnior

Sob o comando de Emerson Ávila, o tradicional clube de Nova Lima tenta voltar a figurar dentre as principais forças do estadual, já que nem se classificou para o mata-mata em 2019. Muito por conta de seu treinador, que tem passagem recente pela base cruzeirense, o Leão do Bonfim contará com vários atletas que possuem vínculo com a Raposa.

Fonte: Hoje em Dia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: