Capa da Página Cruzeirenses ressaltam necessidade de retomar títulos em 2016 - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

07/12/2015

Cruzeirenses ressaltam necessidade de retomar títulos em 2016

Facebook

Sem conseguir reagir em campo, o Cruzeiro amargou uma derrota para o Internacional por 2 a 0, neste domingo (6), no Beira-Rio, na última partida do ano e também na despedida do técnico Mano Menezes. Para alguns jogadores que falaram com a imprensa, o resultado negativo serviu apenas para confirmar que a equipe celeste precisa focar em recuperar o fôlego de títulos, independente do treinador que assuma o time.

"É descansar agora para voltar ao ano que vem e lutar por títulos. Os títulos é o que precisamos em 2016, independente do modelo de jogo", disse sem delongas o meia-atacante Marquinhos.
Ainda sem anunciar o novo técnico para a temporada do ano que vem, a diretoria do Cruzeiro admitiu ter interesse no holandês Clarence Seedorf, demitido do Milan no ano passado, após uma curta passagem de cinco meses pelo time italiano. Apesar disso, o atacante William preferiu não criar expectativas no furor causado pelo nome de Seedorf. Para ele, é essencial a continuidade iniciada no grupo celeste. "Como jogador, ele tem uma história bonita. Como técnico, não sei, não tenho opinião, não sei dizer nada. Mas acredito que o Cruzeiro vai trazer um grande profissional. Alguém que entenda o perfil do grupo para não errar e atrapalhar essa nossa crescente", disse.

Além disso, o atacante ainda ressaltou que o novo trabalho do Cruzeiro deverá ser guiado a partir da metodologia implementada por Mano Menezes no grupo. "O grupo também agradece esse apoio que ele (Mano) nos deu, esse resgate que ele conseguiu dar, essa retomada que a gente teve durante a competição, foi muito importante a chegada dele.  Que ele venha a ter sucesso na China e que chegue um treinador competente para dar continuidade a esse trabalho que ele deixou aqui".

Fonte: O Tempo

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: