Capa da Página Lisca avalia briga pela liderança e diz que América joga o melhor futebol no Mineiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

AMÉRICA MG

Lisca avalia briga pela liderança e diz que América joga o melhor futebol no Mineiro

19/02/2020 às 08:18h

Facebook

A vitória sobre o Coimbra por 2 a 0, nessa segunda-feira, no Independência, colocou o América na liderança do Campeonato Mineiro, com 14 pontos. O time agora torce por um empate entre Tombense (3º, com 11) e Cruzeiro (5º, com 11), que se enfrentam na quinta, às 19h15, no Estádio Almeidão, em Tombos, em jogo atrasado da segunda rodada. Na parte de cima da classificação também estão Caldense (2º, com 13) e Atlético (4º, com 11). Ao avaliar a briga, o técnico Lisca afirmou que sua equipe precisa se preocupar em permanecer no G4, uma vez que os concorrentes, sobretudo os rivais de Belo Horizonte, tendem a crescer nas cinco partidas restantes da primeira fase.

“Estamos no meio da primeira fase classificatória. Temos de buscar nossa vaga entre os quatro, ainda há muita coisa para rolar. No campeonato há cinco times brigando por quatro vagas, está bem parelho, tem Cruzeiro e Atlético se reformulando. O Adilson faz um trabalho com a meninada, o Dudamel é uma nova escola, uma nova maneira. Todo mundo vai crescer no campeonato. Tombense já fez um um grande jogo contra a URT, goleou por 4 a 0. E a Caldense que está fazendo um grande campeonato, empatou com a gente na estreia, ganhou ontem. Patrocinense e URT ficaram um pouquinho para trás, mas tem muita coisa ainda, são 15 pontos a serem disputados”.

Mais do que alcançar a vitória, o América jogou bem diante do Coimbra. O placar de 2 a 0 - gols de Felipe Augusto e Alê - foi ‘magro’ em função das inúmeras oportunidades criadas. O atacante Rodolfo cobrou um pênalti na trave, enquanto Glaycon, goleiro do time adversário, fez três boas defesas. Com rápidas trocas de passes e muita movimentação, o Coelho superou as duas linhas de marcação e esteve perto de transformar a vantagem em goleada. Por causa de desempenho semelhante em compromissos anteriores, Lisca considera que seu time pratica o futebol mais qualificado do estadual.

“Futebol é momento. Nosso momento é bom, é positivo. Não podemos deixar de comentar que hoje, em Minas Gerais, o melhor futebol, que está à frente, é o do nosso CT, o do América. Mas é muito volátil isso. Futebol, para mim, é o espelho da vida. Um dia você está bem, em outro dá uma caída. Então tu tem que estar bem preparado tanto para os momentos positivos quanto aos negativos. Nem tanto ao céu quando está bom, nem tanto ao inferno quando está ruim. É equilíbrio”.

O crescimento da equipe no Mineiro faz o treinador almejar o título, que seria o 17º da história do América. “Sonhar a gente sonha sempre. O momento está bom, mas ainda faltam cinco jogos. Se a gente achar que estamos classificados, é o primeiro passo para não conseguir a vaga. É classificar entre os quatro, um novo campeonato. Muda tudo, zera os pontos, vai para o mata. Nem me preocupei ainda com a semifinal, meu foco é a fase classificatória. Mas estamos bem confiantes e sabemos que nosso time vai a campo sabendo o que quer. Para ganhar da gente, é preciso jogar muito bem e acompanhar o ritmo”.

O próximo jogo do América no estadual é contra o Tombense, dia 29 de fevereiro (sábado), às 16h, no Independência, pela sétima rodada. Depois, a equipe pegará Boa (8/3, casa), Patrocinense (15/3, fora), Atlético (22/3, casa) e URT (1/4, fora). De acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, quem somar 26 pontos tem 98,8% de probabilidade de encerrar a primeira fase na liderança. Por esse cálculo, o Coelho necessitaria de mais quatro vitórias nos últimos cinco confrontos.

Fonte: Super Esportes

Foto: Gladyston Rodrigues/EM D.A Press

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: