Capa da Página Após aprovação de novos agrotóxicos, extensionista da EMATER explica a importância dos defensivos na produção agrícola - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 10º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

23/05/2019 às 10:28h

Após aprovação de novos agrotóxicos, extensionista da EMATER explica a importância dos defensivos na produção agrícola

Facebook

O Ministério da Agricultura formalizou nessa terça-feira (21) o registro de mais 31 agrotóxicos. No ano todo, já são 169 produtos autorizados. O número de defensivos aprovados no Brasil vem crescendo significativamente: em 2015 foram 139, já no ano passado, 450 defensores agrícolas também foram aprovados.

O crescente uso dos defensores agrícolas, também chamado de agrotóxicos, se deve ao fato de que as enormes produções de alimentos provenientes da terra não conseguem suprir, de forma orgânica, a demanda alimentícia da população.

Sobre o assunto, a reportagem do JC Notícias conversou com o extensionista da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – EMATER-MG, Itamar José Ribeiro. Ele explica as regras e como deve ser o uso dos defensivos agrícolas:

Clique e ou Itamar José Ribeiro

Itamar ressalta que sem os defensivos agrícolas, boa parte da população ficaria sem ter o que comer:

Clique e ou Itamar José Ribeiro

O registro de um agrotóxico é feito pelo Ministério da Agricultura (Mapa), que verifica a eficiência no combate a pragas e doenças no campo.

O registro só é concedido quando o produto também é autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que avalia os riscos à saúde, e pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), que analisa os perigos ambientais. Sem o aval dos três órgãos, ele não é liberado. 

Por Henrique Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: