Capa da Página Prefeito de Maravilhas é suspeito de tentativa de homicídio em Pequi - - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 12º MIN 33º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

11/09/2019 às 08:52h

Prefeito de Maravilhas é suspeito de tentativa de homicídio em Pequi

Facebook

O prefeito do município de Maravilhas, Diovane Policarpo de Castro (PV) está sendo investigado por tentativa de homicídio. De acordo com a Polícia Civil de Pará de Minas, o político de 45 anos é suspeito de tentar matar um homem de 31 anos, a golpes de canivetes, no último fim de semana, na cidade de Pequi.

A comunicação do crime somente ocorreu um dia após ao fato. Segundo informações colhidas pela Polícia Civil, a vítima teria tentado separar uma briga entre o político e uma mulher. Em seguida, o prefeito de Maravilhas acabou agredindo o homem de 31 anos com golpes de canivetes no abdômen.

A vítima foi socorrida para o hospital de Pequi e posteriormente a Santa Casa de Sete Lagoas. Nenhuma das partes e funcionários das unidades de saúde haviam comunicado o fato as autoridades policiais. Somente no outro dia, que a Polícia Militar sete-lagoana ficou sabendo do crime, como explica o delegado Carlos Henrique Gomes Bueno, em entrevista ao JC Notícias:

Segundo ele, a Polícia Civil de Pará de Minas está investigando o caso, pois o crime ocorreu em Pequi, área de responsabilidade da Delegacia Regional pará-minense:

Clique e Ouça Delegado Carlos Henrique

O delegado também quer ouvir os responsáveis pelas duas unidades de saúde que atenderam a vítima, já que elas não acionaram a Polícia para comunicar o fato:

Clique e Ouça Delegado Carlos Henrique

A vítima de 31 anos continua internada na Santa Casa de Sete Lagoas e permanece estável.

Recentemente o prefeito de Maravilhas se envolveu em outras duas polêmicas, ao ser investigado por compras de votos, e improbidade administrativa.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: