Capa da Página Procurado pela Justiça acaba preso após ameaçar enteada no bairro São Pedro - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

19/11/2019 às 09:04h

Procurado pela Justiça acaba preso após ameaçar enteada no bairro São Pedro

Facebook

Um homem de 46 anos, procurado pela Justiça acabou preso após ameaçar a enteada de 14 anos, nessa segunda-feira (18), no bairro São Pedro, em Pará de Minas. A prisão ocorreu na Rua Vereador Sebastião Nogueira Duarte.

De acordo com a Polícia Militar, contra o autor havia Mandado de Prisão da Justiça do Estado do Maranhão, por feminicídio tentado contra sua ex-esposa.

Os militares foram até a residência averiguar denúncias de que o autor e sua companheira, de 50 anos, estavam ameaçando e cometendo maus tratos contra uma adolescente de 14 anos.

A vítima relatou aos policiais que há seis meses, sua mãe conheceu o autor pelas redes sociais, o qual disse ser de São Paulo e o trouxe para morar em sua residência, em Pará de Minas.

Ainda segundo a adolescente, desde que chegou, o autor se mostrou agressivo com sua mãe, gritando pela casa. Ele inclusive já teria agredido a companheira.

A jovem contou também que na ausência de sua mãe, o homem a tratava de uma maneira, que a deixava constrangida e temerosa de sofrer assédio. Ela disse que relatou seus temores a mulher, que achou tudo normal, diante do fato dele ter negado as acusações.

Relatou ainda a adolescente, que o casal disse que se mudaria para São Paulo, e que a mãe vendeu todos os móveis da casa, com este propósito e que diante de sua negativa para ir com eles, foi constrangida e ameaçada pelo padrasto e pela mulher.

Ainda segundo a vítima, na noite de domingo para cá, o casal não permitiu que ela saísse de casa, nem que se comunicasse com ninguém, até a viagem para São Paulo, que seria nesta terça-feira (19). Porém, a jovem se aproveitou de uma distração do homem e da mulher e conseguiu fugir, acionando a PM pelo telefone 190.

Os autores negam que tenham trancado a adolescente em casa, alegando que apenas não deixaram as chaves com ela para evitar que fugisse. Eles admitem que estavam de saída para São Paulo, com a vítima.

Durante consulta dos dados do autor no sistema informatizado, a princípio nada de ilegal foi encontrado, mas após uma pesquisa mais aprofundada, foi constatado que havia o Mandado de Prisão contra ele, da Justiça do Estado do Maranhão, pelo crime de homicídio tentado contra sua ex-esposa, contra a qual desferiu quatro facadas.

O autor e a sua amásia foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: