Capa da Página Desempregada, pará-minense pede doação de carrinho de cachorro-quente para sustentar a família - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

18/02/2020 às 09:00h

Desempregada, pará-minense pede doação de carrinho de cachorro-quente para sustentar a família

Facebook

O número de desempregados tem diminuído no país, mas com cada vez mais pessoas recorrendo à informalidade, aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) contínua, divulgada no fim de 2019, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de desemprego fechou em 11,2% no trimestre encerrado em novembro.

Embora 785 mil brasileiros tenham conseguido entrar no mercado de trabalho, na comparação com os três meses encerrados em agosto, a quantidade que passou a trabalhar por conta própria atingiu recorde da série histórica, com a entrada de 303 mil pessoas na lista.

Em Pará de Minas, ainda existem muitas pessoas que estão há anos correndo atrás de um emprego, porém nenhuma oportunidade acaba sendo dada no Mercado de Trabalho. A solução é tentar trabalhar por conta própria, como é o caso de Nelciene Gonçalves Ribeiro, de 42 anos, moradora do bairro Recanto da Lagoa.

Há seis anos, a pará-minense trabalhava em uma empresa de Pará de Minas, e após sentir problemas de saúde, deixou o serviço. Posteriormente, Nelciene descobriu que tinha problemas no coração. Como precisava de dinheiro para sustentar a família, ela começou a trabalha como faxineira até não aguentar mais e ter que passar por um transplante cardíaco.

Após o transplante, Nelciene quis voltar a trabalhar, porém nenhuma oportunidade apareceu. Hoje em dia, ela vive de ajuda dos pais para sustentar a casa e os dois filhos. Um deles até trabalha, mas o dinheiro não é o suficiente para o sustento e também comprar os remédios da mãe. Diante dessas dificuldades, a pará-minense procurou o Jornal de Cidade em busca de ajuda para pedir que alguém e um grupo de pessoas possam lhe doar um carrinho de cachorro-quente para ela conseguir sobrevir:

Clique e ouça Nelciene Gonçalves

Atualmente, Nelciene está praticamente recuperada após o transplante, porém, ela agora precisa de conseguir o sustento da família, por isso pede a doação do carrinho de cachorro-quente para vender em Pará de Minas:

Clique e ouça Nelciene Gonçalves

Os interessados em ajudar Nelciene a conseguir o carrinho de cachorro-quente devem ligar no telefone (37) 99918-2165.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: