Capa da Página Indústrias Calçadistas e comércios de Nova Serrana retomam as atividades no dia 1º de abril - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

28/03/2020 às 09:32h

Indústrias Calçadistas e comércios de Nova Serrana retomam as atividades no dia 1º de abril

Facebook

Após reunião entre Prefeitura, CDL e SINDINOVA – Sindicato Intermunicipal das Industrias de Calçados de Nova Serrana, ficou decido que as atividades comerciais, industriais e prestadores de serviços da cidade serranense voltarão na próxima quarta-feira, 1º de abril.

Em notam, o Sindinova anunciou a volta, gradativa, das atividades das indústrias calçadistas na próxima semana. Antes disso, as fábricas receberão orientações sobre segurança no trabalho para procedimentos com os seus funcionários e também com o grupo de risco, que deverá manter-se em isolamento social.

Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, formado por comerciantes e industriais, se reuniram com o prefeito Euzébio Rodrigues Lago, no qual definiram as diretrizes para a reabertura de seus negócios, com destaque para a prevenção e saúde no trabalho diante do Coronavírus.

Após o encontro, Euzébio gravou um vídeo ressaltando a necessidade do retorno dos serviços e informou sobre as medidas a serem adotadas.

“É necessário que o Brasil volte a produzir, as empresas possam voltar, as lojas possam abrir as suas portas, mas tudo isso com a preocupação da saúde do trabalhador, a saúde do empresário, a saúde do comerciário, onde todos possam voltar às suas atividades, mas com segurança”, destacou Lago.

No dia 31 de março, a Secretaria Municipal de Saúde junto com o Sindinova vão ministrar várias palestras com as fábricas, orientando sobre saúde e segurança no trabalho. Os assuntos terão como abordagem principal os cuidados pessoais e isolamento social de pessoas que pertencem ao grupo de risco.

Para Ronaldo Lacerda, presidente da SINDINOVA, as empresas deverão avaliar o cenário econômico e mercadológico para abrir as portas e voltar a produzir. Segundo ele, é importante que as empresas que deram férias coletivas esperem por esse período para depois voltarem às atividades.

Por JC Notícias

Foto: Prefeitura de Nova Serrana/Divulgação


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: