Capa da Página A Vida - Cultura - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 12º MIN 35º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cultura

08/06/2020 às 19:41h

A Vida

Facebook

Nós humanos, estamos nos transformando em frangos de granja. Nos vestimos igual, nos comportamos igual, temos os mesmos hábitos. Os dias são sempre iguais. Nossas reações, totalmente previsíveis. Vivemos empoleirados em prédios que são como gaiolas sobrepostas. Temos medo das matas, dos animais e de algumas pessoas. O diferente nos assusta. Para afastá-los, os rotulamos. Assim ficam eles lá longe de nós, do nosso cotidiano sempre igual, sem sustos.

Quando voltamos de uma temporada no Peru em 1976, eu e o José Efigênio estávamos iluminados pelo contato com a cultura incaica. Vestíamos roupas coloridas e bordadas, nossos cabelos voavam soltos nas cabeças, ao natural. Nossos olhos brilhavam e suspeitavam o desconhecido. Andando pelas ruas de São Paulo passaram por nós um casal com uma criança. Ela nos apontou e disse bem alto: - “Olha os hippies!” Havia um banco ao lado com enorme vidro fumê na sua fachada e nos vimos refletidos nele. Realmente nós éramos totalmente diferentes de toda aquela multidão circulando pela rua, toda igual nas roupas, nos cabelos, nos gestos, na pressa em andar, em tudo.

Descobrimos então que éramos galinhas caipiras. Temos várias cores, vários tamanhos, manias diversas e botamos ovos diferentes. Ovos verdes, azuis, brancos, rosados, pintadinhos ou não e de vários tamanhos. Não vivemos fora da terra. Gostamos de ciscar, de brincar, de criar e amamos sem programar.

Gostamos do sabor natural das coisas, de plantar e colher, de bater o barro e criar nossas panelas, vasos, pratos, bonecas, bichos. Apreciamos reproduzir em cores a beleza que vemos. Gostamos da natureza, da terra, das cachoeiras, dos animais. Aprendemos observando a Mãe Terra.

Para nós a vida flui cada dia diferente e tem mil possibilidades.

A escolha é nosso maior trunfo!

Sem amarras o mundo se torna pequeno e a imaginação não tem limites.

Por Ângela Xavier


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: