Capa da Página Cinco perguntas para o escritor Eduardo Rodrigues - Cultura - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 25º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cultura

13/04/2022 às 20:57h

Cinco perguntas para o escritor Eduardo Rodrigues

Facebook


O pará-minense Eduardo Magela Rodrigues é graduado em Letras pela Faculdade de Pará de Minas (FAPAM), possui uma especialização em Engenharia de Sistemas pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e é autor de dois livros: A Flor Negra (2017), publicado pela Editora Virtual Books, e O Presidente e Outras Histórias (2020), publicado pela Editora Fora da Caixa. Eduardo nos concedeu uma entrevista sobre o seu universo literário.

JRP - Como começou seu interesse pela literatura?

ER - Ainda no Ensino Fundamental, quando aprendi a ler e passei a visitar a biblioteca da Escola Estadual Professor Pereira da Costa.

JRP - Quais são suas referências literárias e qual livro é sempre revisitado por você?

ER - Estou sempre à procura de novos autores e gêneros para ler, tanto os clássicos quanto os contemporâneos. Gosto muito do estilo da fantasia épica de J. R. R. Tolkien, da ficção histórica de Bernard Cornwell e da ficção científica de Greg Egan. Além destes autores, gosto muito de Mary Shelley, cujo livro “Frankenstein” é aquele que estou sempre relendo e cuja leitura recomendo.

JRP - O desejo de criar e escrever suas próprias histórias começou quando? E como se deu a publicação de seu primeiro livro?

ER - Começou quando eu tinha 23 anos, após assistir a trilogia de filmes “O Senhor dos Anéis” no cinema. Fiquei fascinado com a história e decidi escrever minha própria trilogia de ficção fantástica. Todavia, apesar de ter escrito a trilogia, o primeiro livro que publiquei foi uma novela policial, intitulada “A Flor Negra”. A obra foi publicada com recursos próprios, através da Virtual Books Editora, aqui de Pará de Minas.

JRP - “O Presidente e Outras Histórias” é seu último livro lançado. Fale um pouco sobre ele.

ER - Trata-se de uma coletânea de 7 contos sobre temas diversos. São histórias curtas que escrevi ao longo dos últimos 15 anos — com alguns intervalos bem expressivos entre algumas delas — e que resolvi reunir numa coletânea. Ressalto, no entanto, que não é um livro que trata de política. O presidente do conto principal é uma personagem inteiramente fictícia e o drama que enfrenta é da esfera pessoal. As demais histórias abordam assuntos diversos, como o stress do dia a dia, a importância da amizade, dentre outros.

JRP - Onde encontrar você, adquirir seus livros?

ER - Quem quiser entrar em contato comigo ou adquirir uma cópia de “O Presidente e Outras Histórias” pode fazê-lo pelo meu Instagram @durodrigues77 ou pelo e-mail eduardo@eduardo.rodrigues.nom.br.

[...] O presidente percebeu que a lista de atividades que ele não compartilhara com a filha era interminável e decidiu parar. Como lhe doía refletir sobre aquilo. Quantas noites não foram aproveitadas, quantas festas foram perdidas, quantas férias foram negligenciadas, quantos abraços não aconteceram. Tais pensamentos o amarguravam, o oprimiam, o faziam se sentir pequeno e mesquinho. [...].

Trecho de “O Presidente e outras histórias”, de Eduardo Rodrigues.

***

Adoramos a entrevista, Eduardo! Muito obrigado e sorte na sua carreira literária!


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: