Capa da Página Os cheiros de Ouro Preto - Cultura - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 12º MIN 25º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cultura

11/01/2021 às 22:48h

Os cheiros de Ouro Preto

Facebook

Angela Leite Xavier

Quando cheguei a esta bela cidade algo me chamou a atenção entre tantas outras coisas: os cheiros. Toda a cidade rescendia a candeia, perfume vindo dos fogões a lenha ainda existentes em todas as casas.

A candeia é uma árvore da região estimada por sua dureza, usada para fazer cercas além de acender os fogões a lenha. Seu cheiro é perfume de aconchego, de comida boa, de boa prosa.

Depois descobri os quintais onde as árvores frutíferas disputam espaço com flores, hortaliças e ervas aromáticas.

O manacá florido perfuma as tardes; o jasmim, as noites. Há ainda o patchouli cuja folha colocada no bolso já perfuma toda a roupa.

E os chás medicinais? Os temperos? Melissa alecrim, manjericão, orégano, poejo, alfavaca, santa maria, funcho, hortelã, rosmaninho... Plantas que dão sabor às comidas, acalmam e curam. Remédios antigos para todos os males humanos.

Na Semana Santa o incenso invade igrejas e ruas num poderoso apelo aos sentidos junto com o espetáculo cênico das procissões e o som da música sacra.

Os tapetes enfeitam as ruas feitos com serragem, pó de café e flores exalando odor característico. Os Passos da Via Sacra, abertos apenas nesta ocasião, são perfumados com alecrim, manjericão, mirra e funcho. Após a passagem da procissão as pessoas levam estas ervas para suas casas. Ervas agora sagradas após as orações dos fiéis e o canto da Verônica e das Beús.

Nas igrejas a Ressurreição é comemorada com papéis repicados que caem do alto das torres das igrejas e dentro delas as rosas perfumam o ambiente junto com o incenso. É uma grande festa para os sentidos. Grande emoção!

No Natal as famílias fazem seu presépio e usam o rosmaninho como vegetação ao redor da gruta onde nasceu o Menino Jesus. O cheiro do doce de figo sai de todas as casas, doce imprescindível nas ceias do Natal.

Ao dormir em casa tradicional ouro-pretana, outra surpresa: o travesseiro feito de marcela, planta cheirosa que acalma. Floristas vendem esta planta pelas ruas, brancas e amarelas que, além de rechear travesseiros são colocadas nos vasos para enfeitar e perfumar as casas.


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: