Capa da Página Estado poderá usar leitos privados se os da rede pública se esgotarem - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

03/04/2020 às 09:00h

Estado poderá usar leitos privados se os da rede pública se esgotarem

Facebook

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou nessa quarta-feira (2) o Projeto de Lei que trata de medidas para o enfrentamento do estado de calamidade pública decorrente da pandemia do novo cornavírus. O texto prevê que quando não houver leitos disponíveis nos hospitais públicos ou particulares credenciados no Sistema Único de Saúde (SUS), o gestor da unidade de saúde poderá requisitar a internação nos hospitais da rede privada de pessoas com a COVID-19.

O texto ainda diz que o Estado promoverá parcerias com estabelecimentos públicos e privados sem cobrança de taxas adicionais. O projeto agora aguarda sanção do governador Romeu Zema (Partido Novo).

A deputada estadual Marília Campos (PT) disse que a proposta visa "unificar o sistema". "Nós temos que ampliar a assistência para toda a populacao. Não podemos distinguir quem tem plano de saúde e quem não tem. Então a lei autoriza o Estado a requizitar, em caso de falta na rede pública, os leitos da rede privada", destaca a parlamentar.

Ela destaca que espera o esforço do Estado na busca de novos leitos e na construção de hospitais de campanha, mas que o poder público deve estar preparado para atender a todoso caso o cenário se agrave.  

A deputada Andréia de Jesus (PSOL) acredita que o sistema de saúde de Minas Gerais vai ficar sobrecarregado. " Temos, neste momento, uma taxa de ocupação de leitos de UTI de 88,5%. Mesmo que o estado tenha o número de leitos considerado suficiente para atender a população, com essa taxa de ocupação, rapidamente não haverá mais como abrigar pessoas infectadas", analisa.

Fonte: O Tempo

Foto: Rádio Espacial FM/Divulgação

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: