Capa da Página Minas negocia entrega periódica de vacinas contra a Covid; 855 mil doses foram entregues ao Estado - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

26/01/2021 às 09:27h

Minas negocia entrega periódica de vacinas contra a Covid; 855 mil doses foram entregues ao Estado

Facebook

Minas Gerais espera novas remessas de vacinas contra a Covid-19 “periodicamente”, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). Negociações estão sendo feitas diretamente com o Ministério da Saúde, que aguarda liberações da Anvisa. Atualmente, remessas pequenas, incapazes de garantir uma proteção em massa, têm chegado por aqui.

Nessa segunda-feira (25), 87,6 mil doses da CovoronaVac desembarcaram na Grande BH. Os imunizantes serão distribuídos às 28 unidades regionais de saúde para, depois, seguirem rumo aos 853 municípios. O Estado aguarda, até o fim do dia de hoje, que as prefeituras enviem um formulário com o número exato da população a ser vacinada em cada grupo prioritário.

Ao todo, 855 mil doses de vacinas foram entregues a Minas. Assim como ocorreu na semana passada, o governo seguirá uma logística de segurança para garantir o repasse dos imunizantes. A remessa de 87 mil se soma às 577 mil doses recebidas no dia 18. Além disso, no domingo, o Estado também recebeu 190 mil vacinas do laboratório AstraZeneca, da Universidade de Oxford, desenvolvida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
 
Neste primeiro momento, Minas têm priorizado a proteção dos profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à Covid-19, idosos com mais de 60 anos que vivem em asilos e população indigena que está em aldeias. Não há previsão para que novos grupos sejam vacinados em Minas.

Apesar de todo o esforço, casos envolvendo pessoas já vacinadas contra a Covid-19, mas que não estavam nos grupos prioritários, têm sido relatados Brasil afora. A SES tem feito alertas para que as pessoas denunciem irregularidades. Vale lembrar que a responsabilidade pela aplicação das doses é das prefeituras.

Fonte: Hoje em Dia

Foto: Governo do Estado de São Paulo. /

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: