Capa da Página Pelo 2º dia consecutivo, caminhoneiros bolsonaristas bloqueiam estradas em vários estados - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

09/09/2021 às 07:58h

Pelo 2º dia consecutivo, caminhoneiros bolsonaristas bloqueiam estradas em vários estados

Facebook

Pelo segundo dia consecutivo, caminhoneiros que são a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro e contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) promovem manifestações e bloqueiam rodovias em todo o país na manhã desta quinta-feira (9).

Até 7h53, foram confirmados bloqueios em rodovias de pelo menos 10 estados: SP, RJ, BA, GO, MA, MG, PA, RS, SC e TO. Na maioria dos locais, apenas carros pequenos, veículos de emergência e cargas de alimentos perecíveis estão tendo o trânsito liberado pelos manifestantes.

As interdições continuam mesmo após o presidente Jair Bolsonaro gravar um áudio pedindo aos caminhoneiros que liberem as estradas do país. Na gravação, Bolsonaro diz que a ação "atrapalha a economia" e "prejudica todo mundo, em especial, os mais pobres".

Na quarta-feira (8), um dia após os atos antidemocráticos de 7 de Setembro, houve bloqueios em estradas de pelo menos 15 estados: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, São Paulo e Pará.

Locais dos protestos
Em São Paulo, caminhoneiros bloqueiam ou interditam parcialmente ao menos 4 importantes rodovias no estado. Veja a situação das principais vias:

  • Anhanguera:bloqueada totalmente na região de Limeira, mas há opção para desviar da manifestação.
  • Bandeirantes:não há trechos bloqueados.
  • Dutra:pista sul bloqueada para caminhões na região de Caçapava. Demais veículos têm passagem livre.
  • Régis Bittencourt:interditada totalmente na região de Embu das Artes. Há desvio no local para automóveis, mas a lentidão era de 2 km por volta de 5h.
  • Rodovias Anchieta e Imigrantes:tráfego normal, sem pontos de manifestações.
  • Rodoanel:manifestação na região de Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, trecho próximo ao sistema Anchieta/Imigrantes. Apenas veículos de emergência e automóveis podem seguir viagem.
No Rio de Janeiro, há um protesto na Rodovia Washington Luís (BR-040), quilômetro 113, na altura da Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), sentido Juiz de Fora. No sentido Rio não há interdição. O local dá acesso à refinaria e a um ponto de distribuição de combustível para a Região Metropolitana do Rio. A via foi bloqueada por volta das 4h30. Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local.

Também há protesto na BR-465, antiga Rio-São Paulo, na altura do quilômetro 13, entre a Zona Oeste do Rio e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Há manifestações na BR-101, altura do quilômetro 75, em Campos, no Norte do estado.


Em Santa Catarina, foram registrados pontos de bloqueio em cinco rodovias de Santa Catarina nesta quinta-feira (9). Somente caminhões não estão autorizados a seguir viagem.

Os trechos bloqueados são:

  • BR-101:km 72, em Araquari; km 353, em Jaguaruna; km 375, em Içara; km 402, em Maracajá; km 419, em Araranguá; km 451, em São João do Sul.
  • BR-280:km 1,4, em São Francisco do Sul; km 11, em São Francisco do Sul; km 55, em Guaramirim; km 121, em São Bento do Sul; km 230, em Canoinhas.
  • BR-116:km 07, em Mafra; km 138, em S. Cecília.
  • BR-470:km 4, em Navegantes; km 45, em Gaspar; km 89, em Ascurra.
  • BR-282:km 606, em Maravilha; km 646, em São Miguel do Oeste.

Na Bahia, foram bloqueados ao menos duas rodovias federais: a BR-242, na entrada de Luís Eduardo Magalhães, oeste do estado; e o km 418 da BR-116, na saída de Feira de Santana, que fica a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

Em Goiás, há 15 caminhões em protesto na BR-153, em Porangatu, mas sem bloqueio; bloqueio em uma das faixas da BR-153, em Itumbiara; e caminhões e tratores às margens da BR-050, em Campo Alegre.

Em Minas Gerais, no sul, manifestações que iniciaram no início da noite de quarta continuam nesta manhã. Caminhoneiros colocaram fogo em pneus durante manifestação na MGC-267, no Marco Divisório, em Poços de Caldas. Segundo a PMR, mais de 85 caminhões participam da paralisação.

Em Varginha, a paralisação segue na na MGC-491, em uma das entradas do município. Segundo a Polícia Militar, os caminhoneiros não estão impedindo o trânsito no local.

ambém há manifestação de caminhoneiros em Passos. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, a paralisação acontece na MG-050, perto do aeroporto. Segundo a PMR, 150 caminhões estão parados na rodovia. Assim como em Poços de Caldas, os manifestantes estão parando apenas caminhões.

No Maranhão, caminhoneiros continuam a bloquear dois pontos da BR-230, sendo um na saída da cidade de Riachão, a 920 km de São Luís, e outro na saída para a saída da cidade de São Raimundo das Mangabeiras, a 1.525 km da capital.

No Pará, há bloqueio parcial de trechos das rodovias BR-316 e BR-010. Os manifestantes estão localizados em três pontos do estado, em Benevides, principal via de acesso à capital Belém, Santa Maria do Pará, e Paragominas, interior do estado. A manifestação iniciou no início da noite de quarta-feira.

No Rio Grande do Sul, manifestantes bloquearam totalmente o km 415 na BR 153, na altura de Cachoeira do Sul.

No Tocantins, foram registrados três pontos de bloqueio na BR-153 no início desta manhã. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os atos ocorrem em Araguaína, Paraíso do Tocantins e Gurupi.

Fonte: G1



Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: