Capa da Página Prevendo novo reajuste dos combustíveis, Bolsonaro quer auxiliar caminhoneiros - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

22/10/2021 às 08:00h

Prevendo novo reajuste dos combustíveis, Bolsonaro quer auxiliar caminhoneiros

Facebook

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a defender o auxílio diesel de R$ 400 para 750 mil caminhoneiros autônomos, tendo em vista a "iminência de um novo reajuste de combustível". A declaração foi feita na live semanal das redes sociais, divulgada nesta quinta-feira (21).

Segundo o presidente, esse auxílio, assim como os outros R$ 400 mensais previstos para o Auxílio Brasil, foi acertado com a equipe econômica. "Alguns não querem na equipe econômica, outros acharam que era possível, dar um auxílio pros caminhoneiros havendo um novo reajuste. Agora tem secretário que quer fazer valer sua vontade. Então ministro deu decisão: vamos gastar dentro do teto", disse Bolsonaro.

O presidente, no entanto, não deixou claro se o auxílio para os caminhoneiros está incluso no cálculo da manobra de R$ 83 bilhões acordada com as equipes política e econômica do governo, junto ao relator da PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados, Hugo Motta (Republicanos-PB), para furar o teto de gastos.

"Nós temos um teto de gastos. Em governos anteriores, não tinha teto. Era pegar e dar uma canetada. Por que buscamos cumprir o teto? Nós não queremos o desequilíbrio das finanças do Brasil. Agora tem gente botando lenha na fogueira. Vai deixar as boas ideias aparecerem só nas eleições?", completou o presidente.

Mais cedo, uma das lideranças dos caminhoneiros, presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, mais conhecido como Chorão, afirmou que os R$ 400 não atendem as demandas dos caminhoneiros, que o valor é insuficiente frente ao diesel custando, em média, R$ 4,80, e que, portanto, a greve programada para o dia 1º de novembro está mantida.

Fonte:O Tempo

Foto: Rádio Espacial FM

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: