Capa da Página Aneel mantém bandeira verde na conta de luz de julho - Economia - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 11º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Economia

28/06/2022 às 08:38h

Aneel mantém bandeira verde na conta de luz de julho

Facebook

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou, na última sexta-feira (24/6), que vai manter a bandeira verde nas tarifas de luz de julho, sem complemento de cobrança nem taxas extras. A bandeira, que sinaliza condições favoráveis de geração de energia elétrica, será válida para todo o país. 

Desde 16 de abril de 2022, a bandeira verde retornou às contas de luz, quando terminou a vigência da Bandeira Escassez Hídrica, instituída pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG).  A cobrança foi iniciada em setembro de 2021

No caso dos consumidores beneficiários da tarifa social, a bandeira é verde desde dezembro de 2021.
Novos valores para bandeira amarela e vermelha
Desde sexta-feira, passaram a valer também novos valores tarifários para as bandeiras amarela e vermelha. Os reajustes chegam a 64% pela Aneel, porém, especialistas acreditam que essa cobrança extra não será necessária, devido à esperança na recuperação dos níveis dos reservatórios das hidrelétricas em 2022.

Com o aumento, a bandeira amarela pode chegar a R$ 2,989 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos, já a bandeira vermelha, nível 1 sobe 63,8%, para R$ 6,50 para cada 100 kWh. A bandeira vermelha nível 2, aumenta 3,2%, para R$ 9,795, também para cada 100 kWh.  

Bandeiras tarifárias
O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela Anell como forma de conscientizar os consumidores sobre os gastos de energia elétrica.

Fonte: em.com.br

Foto: Rádio Espacial FM

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: