Capa da Página Após 17 temporadas seguidas no gol do Cruzeiro, Fábio não chega a acordo e deixa o clube - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 21º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Após 17 temporadas seguidas no gol do Cruzeiro, Fábio não chega a acordo e deixa o clube

06/01/2022 às 09:24h

Facebook

O suspense acabou. Após 17 temporadas seguidas debaixo das traves do Cruzeiro, o goleiro Fábio não faz mais parte dos planos do clube. Com a Raposa sob a direção de Ronaldo Fenômeno, o camisa 1 não chegou a um acordo de permanência com os celestes e comunicou sua saída nesta quarta-feira (5).

Segundo Fábio, ele aceitaria reduzir o salário e gostaria de encerrar sua carreira ao fim de 2022. Entretanto, a nova diretoria permitiu que ele defendesse a equipe apenas até o Campeonato Mineiro.

"Quero deixar claro que aceitaria a readequação ao novo teto salarial, mas essa nova direção também não me deu essa opção", disse. "Meu único pedido foi que meu contrato se encerrasse em dezembro de 2022 dentro do teto que está sendo praticado", acrescentou.

"Não me deram outra opção que não fosse finalizar minha vida no Cruzeiro ao final do Campeonato Mineiro. Me disseram que qualquer outro cenário estava invibilizado e que eu não faço parte do plano desportivo para 2022. Os três meses que me ofereceram só aumentariam a minha dor da despedida. Ajudar a levar o Cruzeiro de volta à Série A era meu maior sonho", complementou.

O vínculo de Fábio com a agremiação iria até o fim deste ano, e existia possibilidade de o goleiro chegar à marca de mil jogos pela equipe. O agora ex-capitão é o atleta que mais vezes vestiu a camisa da Raposa na história, com 976 partidas disputadas.

Em sua trajetória pelo clube, foi campeão do Mineiro (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), do Brasileiro (2013 e 2014) e da Copa do Brasil (2000, 2017 e 2018).

Fonte: Hoje em Dia

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: