Capa da Página Aposta no Cruzeiro, Gui Mendes foi parceiro de ataque de Gabriel Martinelli e goleador na Série D pelo Ituano - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 19º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Aposta no Cruzeiro, Gui Mendes foi parceiro de ataque de Gabriel Martinelli e goleador na Série D pelo Ituano

01/07/2020 às 09:12h

Facebook

De olho em revelações do futebol paulista, o Cruzeiro está perto de anunciar a contratação de Gui Mendes, de 19 anos, que já se encontra em Belo Horizonte para realizar exames médicos. Segundo o perfil BR Contracts no Twitter, o vínculo de empréstimo vai até dezembro de 2021. O jogador, por sua vez, poderá ser utilizado pelo técnico Rogério Micale no time sub-20, além de ficar à disposição de Enderson Moreira no grupo principal durante a Série B do Campeonato Brasileiro.

Com 1,77m de altura, Gui Mendes é avaliado como bom finalizador e joga preferencialmente de centroavante. “Ótimo jogador. É um centroavante, um camisa 9 mesmo, finaliza muito bem. É frio, ajuda bastante na marcação, protege bem a bola. É um cara muito brigador ali na frente. Tem tudo para dar certo”, opina o meia Guilherme Xavier, companheiro da jovem promessa no Ituano, em entrevista ao Superesportes.

Revelado pelo América e com passagem pelo time sub-23 do Atlético, Xavier teve contato com Gui Mendes principalmente em 2018, quando o Ituano disputou a Copa Paulista, no segundo semestre. Ele conta que o novo atacante do Cruzeiro era muito próximo de Gabriel Martinelli, com quem dividia o quarto nas concentrações antes dos jogos. “Os dois são muito amigos desde a base. São parceiros de conversar todos os dias”.

Dez meses mais novo que Gui Mendes, Martinelli teve ascensão meteórica na carreira. Na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019, destacou-se ao marcar sete gols em cinco jogos. No Campeonato Paulista, balançou a rede seis vezes em 14 partidas. Quando completou 18 anos, em 18 de junho, pôde enfim ser anunciado pelo Arsenal, da Inglaterra, que havia acertado em janeiro a aquisição de 100% dos direitos econômicos junto ao Ituano, por R$ 30 milhões.

Gabriel Martinelli não se intimidou com o competitivo e acirrado futebol inglês. Em 2019, balançou a rede oito vezes pelo Arsenal - quatro na Copa da Liga Inglesa, uma na Premier League e três na Liga Europa. Em 2020, contabilizou mais dois gols pelo Campeonato Inglês. Já Gui Mendes, que ganhou mais oportunidades no Ituano com a negociação do amigo, foi protagonista na Série D do Campeonato Brasileiro. Em 11 partidas -  nove como titular -, fez oito gols.

Na fase de grupos, Gui Mendes marcou sete vezes em seis jogos. Destaque para os dois hat-tricks contra o Serra, do Espírito Santo - vitórias por 4 a 0, em casa, e 5 a 1, fora. No mata-mata, balançou a rede no triunfo em cima do Vitória-ES, por 2 a 1, pelo jogo de volta das oitavas de final.

Às vésperas do duelo contra o Brusque-SC, na semifinal, o centroavante sofreu uma torção no joelho durante um treino e precisou parar por um mês. Coincidentemente, sua equipe acabou eliminada pelos catarinenses, porém garantiu a subida à Série C do Brasileiro.

Temporada 2020

Em 2020, Gui Mendes começou o Campeonato Paulista como titular, mas passou em branco nas derrotas para Palmeiras, 4 a 0, e Oeste, 1 a 0. Depois disso, disputou mais três jogos, todos na condição de suplente, e não fez gol. A competição foi paralisada na 10ª rodada, em 16 de março, devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil. O Ituano é lanterna do Grupo C, com dez pontos.

No Cruzeiro, Gui Mendes terá forte concorrência na posição. Com status de ídolo da torcida, o boliviano Marcelo Moreno quer recuperar a condição de maior artilheiro estrangeiro do clube - é o segundo, com 45 gols, cinco a menos que o uruguaio Arrascaeta. Já o jovem Thiago, de 19 anos, mostrou potencial em seu início como profissional ao fazer dois gols em cinco jogos. Por fim, o também prata da casa Vinícius Popó, de 19, não conseguiu repetir no time principal o sucesso alcançado na base, quando anotou 135 tentos em 188 partidas - contando as categorias pré-infantil, infantil, juvenil e júnior.

Fonte: Super Esportes

Foto Daniel Vorley IPTC Photo

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: