Capa da Página Bustos no Atlético? Menin evita palpitar em contratação e deixa decisão para o clube - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Bustos no Atlético? Menin evita 'palpitar' em contratação e deixa decisão para o clube

21/07/2020 às 09:00h

Facebook

O empresário Rubens Menin, dono da construtora MRV, comentou a possibilidade de o Atlético contratar o atacante Nahuel Bustos, do Talleres, da Argentina. Avesso a opinar sobre reforços, o principal investidor do clube garante que “vai ver o que é possível” caso o departamento de futebol entenda que o jovem de 22 anos será a solução para o setor ofensivo do elenco treinado por Jorge Sampaoli.

“Eu não trago ninguém. Quem traz é o presidente do Atlético. Não dou palpite em contratação. Quem tem de resolver, você tem lá o diretor de futebol, tem lá o técnico, que é bom; tem o presidente, o vice-presidente, tem toda a diretoria. O Bustos é um cara bom, não tenha dúvida, um menino novo, com futuro e tal. Se eles acharem que é a solução, vamos ver o que é possível, não sei como está isso”, afirmou Menin, em entrevista ao programa Papo de Setoristas, do canal do jornalista Breno Galante no YouTube.

Por meio de seu presidente, Andrés Fassi, o Talleres exige 7,5 milhões de euros líquidos - mais de R$ 45,75 milhões - por 70% dos direitos econômicos de Nahuel Bustos. Já o Atlético, representado por três intermediários, tenta baixar tanto o valor quanto a participação no "passe" - ainda que o presidente Sérgio Sette Câmara tenha dado por encerradas as conversas com o clube de Córdoba.

A busca incessante por Bustos ocorre a pedido do técnico Jorge Sampaoli, que vê no camisa 10 do Talleres características de movimentação, agilidade e finalização. Se a direção do time argentino mantiver o desejo de vender os direitos do atleta a um clube da Europa, o Galo partirá para outro plano. E Menin se mostra convicto de que Sampaoli e o diretor de futebol Alexandre Mattos “não vão contratar por contratar”.

“Talvez o Atlético contrate mais alguém, não tenho certeza disso. Mas existe a possibilidade de o Atlético fazer mais alguma contratação. Não é contratar por contratar, não adianta. Tem que contratar aquele cara… isso o Sampaoli e o Mattos sabem fazer. Eles não vão contratar um cara que não precisa. Trazer por trazer não tem sentido, só aumenta custo”.

Somente durante a pandemia do novo coronavírus, o Atlético investiu mais de R$ 85 milhões em reforços - a maior parte com apoio financeiro de Rubens Menin. O objetivo é brigar pelo título do Campeonato Brasileiro, competição à qual o alvinegro terá atenção exclusiva, já que foi eliminado da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. A crise da COVID-19 no Brasil esticou o calendário da Série A, que será iniciada em 8 de agosto e terminará em 24 de fevereiro de 2021.

Fonte: Super Esportes

Foto: Divulgação/Talleres

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: