Capa da Página Moreno marca, Cruzeiro vence Athletic e entra no G4 do Campeonato Mineiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Moreno marca, Cruzeiro vence Athletic e entra no G4 do Campeonato Mineiro

15/03/2021 às 08:43h

Facebook

Com gol de pênalti de Marcelo Moreno, o Cruzeiro venceu o Athletic por 1 a 0, neste domingo, no Mineirão, e pulou para a quarta colocação do Campeonato Mineiro. O time celeste chegou a sete pontos, um a mais que a equipe de São João del-Rei, agora na quinta posição, com seis.

No próximo domingo, às 16h, a Raposa tentará subir mais um degrau na classificação no clássico com o América, no Independência, pela quinta rodada. Derrotado pela Caldense nesse sábado, por 1 a 0, o Coelho estacionou nos nove pontos, três a menos que o líder Atlético.

A fraca atuação do Cruzeiro no empate por 1 a 1 com o São Raimundo, quinta-feira, pela Copa do Brasil, motivou o técnico Felipe Conceição a mexer no time. Ele tirou o lateral-esquerdo Alan Ruschel, o meia Claudinho e os atacantes Bruno José e Rafael Sobis. Os escolhidos para as vagas foram Matheus Pereira, Marcinho, Felipe Augusto e Marcelo Moreno.

Quem levou perigo pela primeira vez foi o Athletic, justamente com o veterano Loco Abreu, de 44 anos. Com dois minutos de jogo, o uruguaio recebeu cruzamento de Willian Júnior, antecipou-se a Matheus Pereira e cabeceou a bola na junção da trave direita com o travessão. O goleiro Fábio ficou só olhando, na torcida para que a redonda não balançasse a rede.

Passado o susto, o Cruzeiro controlou a posse de bola e até teve espaço no meio-campo, mas pecou pela falta de criatividade. Enquanto Adriano se preocupava em ficar próximo aos zagueiros, Matheus Barbosa, em tese o responsável pela transição, falhou em várias tentativas de passes longos e lançamentos.

Na prática, a chance mais perigosa da Raposa nos primeiros 45 minutos foi numa trapalhada do lateral-direito Diego Fumaça, do Athletic, que quase marcou contra ao tentar cortar o cruzamento de Airton. O goleiro Lee precisou se esticar para segurar a bola.

Embora não tenha feito substituições no intervalo, Felipe Conceição percebeu a necessidade de mudança no início do segundo tempo. As entradas de Claudinho e Jadson melhoraram o ritmo, e o Cruzeiro acelerou as jogadas em busca do primeiro gol.

Aos 11min, Airton levantou a bola na grande área, Marcelo Moreno cabeceou à queima-roupa e exigiu grande defesa de Lee. Aos 15, o boliviano recebeu de Matheus Pereira, usou a força física para fazer a proteção e foi derrubado por Sidimar. Pênalti. Ele mesmo cobrou e fez o gol que garantiu a vitória azul: 1 a 0.

Pouco depois de abrir o placar, o Cruzeiro correu o risco de ter Marcelo Moreno expulso por causa de uma cotovelada em Nathan. O técnico Cícero Júnior, do Athletic, reclamou bastante com o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, que mostrou amarelo ao centroavante celeste. Para Sandro Meira Ricci, comentarista da TV Globo, o lance foi passível de cartão vermelho.

No restante da etapa complementar, o Cruzeiro continuou explorando os ataques com Claudinho e Airton, que até conseguiram penetrar na área adversária, porém falharam no momento do arremate. Posteriormente, Felipe Conceição tentou renovar o gás do time com Bruno José, William Pottker e Rafael Sobis.

Aos 38min, o Athletic ficou perto de empatar após Silvano soltar a bomba de fora da área. Atento, Fábio caiu no canto direito e espalmou a bola. No rebote, o goleiro cruzeirense mostrou tempo de reação e defendeu a tentativa de Willian Mococa, que estava em posição de impedimento - assinalado pelo assistente número 2, Rodney Faria Lima.

CRUZEIRO 1X0 ATHLETIC

Fonte: Super Esportes

Foto:  Leandro Couri/EM D.A Press

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: