Capa da Página Pressionado pela zona de rebaixamento, Cruzeiro encara a Ponte Preta em mais uma decisão - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Pressionado pela zona de rebaixamento, Cruzeiro encara a Ponte Preta em mais uma decisão

30/09/2020 às 08:46h

Facebook

Pressão é a palavra que melhor define o que vive o Cruzeiro neste momento. E ela será a marca da partida contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira (30), às 19h15, no Mineirão, no fechamento da 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O time entrará em campo integrando a zona de rebaixamento da competição. E isso provoca cobranças sobre diretoria, jogadores e, principalmente, o técnico Ney Franco.

Contratado para a vaga de Enderson Moreira, no início do mês, ele chegou com a missão de colocar o Cruzeiro nos trilhos na busca pelo retorno à Série A.

Após a boa impressão na estreia, quando fez 1 a 0 no Vitória, no Mineirão, seu time foi derrotado pelo então lanterna CSA (3 a 1) e por último pelo Avaí (1 a 0), na última sexta-feira, no Mineirão.

Assim, o jogo desta quarta-feira é decisivo sim para a sequência do trabalho de Ney Franco. 

A resistência da torcida à sua contratação foi grande, com a hashtag #NeyFrancoNão ganhando destaque no Twitter quando foi anunciado que ele deveria ser o substituto de Enderson.

A situação em que o Cruzeiro se meteu está longe de ter apenas um culpado, mas não vencer a Ponte Preta hoje, no Mineirão, deixa Ney Franco em situação complicada no clube, pois a sobrevivência cruzeirense depende do acesso à Série A do Brasileirão.

O baixo rendimento do time deve provocar mudanças na equipe em relação à derrota para o Avaí. E uma delas pode tumultuar ainda mais o ambiente celeste, que é a barração de Marcelo Moreno, que vive péssimo momento.

Fonte: Hoje em Dia

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: