Capa da Página Revolução em meio à pandemia: Cruzeiro deverá ter até oito novidades em relação ao time do último jogo - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 22º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Revolução em meio à pandemia: Cruzeiro deverá ter até oito 'novidades' em relação ao time do último jogo

24/07/2020 às 09:00h

Facebook


Presidente novo, técnico novo, jogadores novos. O período de paralisação em função da pandemia de coronavírus representou uma verdadeira revolução para o Cruzeiro. E as mudanças continuam acontecendo às vésperas da reestreia, no domingo, às 11h, contra a URT, no Mineirão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Nessa quarta-feira, o clube perdeu o atacante colombiano Angulo, de 21 anos, que seria titular. A pedido do Palmeiras, ele precisou ser devolvido ao clube paulista. Em contrapartida, a Raposa anunciou o lateral-esquerdo Giovanni, ex-América e que estava no Bahia.

Em 21 de maio, cerca de dois meses após o início do isolamento social, o clube ganhou novo presidente. Sérgio Santos Rodrigues substituiu José Dalai Rocha e o Conselho Gestor, grupo que administrou o Cruzeiro entre dezembro de 2019 e maio de 2020. A primeira decisão foi manter Enderson Moreira, contratado em março para substituir o demitido Adilson Batista.

Dentro de campo, a nova administração também optou por mudanças arrojadas. Dois líderes do atual elenco, o lateral-direito Edilson e o meia Robinho acabaram dispensados pelo Cruzeiro no início de junho, tão logo as atividades presenciais foram    restabelecidas na Toca da Raposa II. O clube alegou que tomou a decisão em função da situação financeira delicada que atravessa.

Por outro lado, a nova administração acertou os retornos do lateral-esquerdo Patrick Brey, que disputou o Campeonato Paulista pela Ferroviária, e do volante Henrique, emprestado ao Fluminense no início da temporada. Enquanto o primeiro vive a expectativa de reestrear já neste domingo, contra a URT, pelo Campeonato Mineiro, o segundo ainda aguarda com ansiedade o retorno aos treinos após grave acidente de carro sofrido em Brumadinho, na Grande BH.

O elenco também ganhou novas caras: o lateral-direito Raúl Cáceres, ex-Cerro Porteño; o lateral-esquerdo Giovanni, ex-Bahia; o meia Régis, ex-Bahia, além dos atacantes Guilherme, ex-Ituano, e Claudinho, ex-Ferroviária. Todos já se juntaram ao grupo comandado por Enderson Moreira. O próximo deverá ser Daniel Guedes, lateral-direito do Santos com negociação encaminhada para vestir a camisa celeste.

A lista de pratas da casa que serão observados pelo treinador em 2020 também aumentou durante a paralisação. O Cruzeiro anunciou as promoções do zagueiro Paulo (18 anos) e dos atacantes Stênio (17) e Riquelmo (18). Por outro lado, acertou a transferência do zagueiro Edu, que havia sido promovido pelo técnico Adilson Batista em janeiro. Pela negociação com o Athletico, a Raposa recebeu cerca de R$ 2,5 milhões.

Na mesma esteira de Edu, ainda deixaram o Cruzeiro o atacante Jhonata Robert, que retornou ao Grêmio e deverá se transferir para um clube português; Everton Felipe, hoje no Atlético-GO, e o lateral-esquerdo Rafael Santos, emprestado à Chapecoense. O lateral-direito Valdir e os atacantes Alexandre Jesus e Caio Rosa, utilizados por Adilson no primeiro trimestre, voltaram para as categorias de base

Expectativa pelo resultado

Com todas essas ausências, mudanças e novidades, o Cruzeiro entrará em campo no próximo domingo, diante da URT, às 11h, no Mineirão, para começar a descobrir se o caminho percorrido até aqui renderá bons frutos.

O primeiro objetivo já bate à porta. Para conseguir se classificar às semifinais do Estadual, a Raposa, 5ª colocada da tabela, precisa vencer seus dois jogos e ainda torcer contra a Caldense, em 4º lugar e último clube da zona de classificação. América, Tombense e Atlético completam, nesta ordem, o G4.

Para o reinício dos jogos, Enderson não terá à disposição dois jogadores considerados titulares para a sequência da temporada: o volante Jadsom e o meia Maurício. A dupla cumprirá suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo recebido no último jogo - derrota por 1 a 0 para o Coimbra, em 15 de março, no Independência.

De última hora, o treinador ainda teve notícia de mais um desfalque. Cotado para iniciar a partida, Angulo acabou devolvido ao Palmeiras nessa quarta-feira. Os paulistas, que detém os direitos econômicos, solicitaram o retorno imediato do atacante colombiano após o empréstimo de Dudu ao Al Duhail, do Catar.

O provável Cruzeiro para o jogo de reestreia no Campeonato Mineiro tem Fábio; Raúl Cáceres, Leo, Cacá e João Lucas; Ariel Cabral e Jean; Stênio, Régis e Patrick Brey; Marcelo Moreno. A título de comparação, essa formação tem oito nomes diferentes da última escalação da Raposa para um jogo oficial.

Fonte: Super Esportes

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: