Capa da Página Sampaoli se despede do Atlético e deixará clube após o fim do Brasileiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Sampaoli se despede do Atlético e deixará clube após o fim do Brasileiro

23/02/2021 às 08:18h

Facebook

O técnico Jorge Sampaoli confirmou a saída do Atlético. Em nota divulgada por sua assessoria de imprensa na tarde desta segunda-feira (22/2), o treinador de 60 anos afirmou que deixará o clube após o fim do Campeonato Brasileiro. Suspenso, ele não comandará o Galo contra o Palmeiras, na próxima quinta-feira, às 21h30, no Mineirão.

"Chegou o final. Na quinta-feira será o último jogo. Fica uma nostalgia de não poder ter comandado o time com o estádio cheio. Sei que teríamos emocionado a muitos. Queria viver esses vídeos que havia visto de uma torcida apoiando sem parar. Queria agradecer a todo o clube. Aos jogadores, por sua entrega. A todos os empregados da instituição, por deixar a alma neste projeto. Aos diretores, por nos darem grandes condições para poder trabalhar. À cidade, por nos tratar tão bem", escreveu o treinador.

 Superesportes publicou pela manhã que Jorge Sampaoli já tem um acordo para assumir o Olympique de Marseille após o término do Campeonato Brasileiro. O argentino acertou salários, premiações e vínculo de permanência com o time do Sul da França, mas ainda não assinou o contrato. Ele tem previsão de viajar para o Velho Continente ainda neste mês de fevereiro.

Para deixar o Atlético, Sampaoli terá que pagar uma multa por quebrar o contrato que iria até o fim de 2021. O valor é de cerca de R$ 4 milhões.

O jogo contra o Palmeiras será o 45° - e último - de Sampaoli como treinador do Atlético. Até aqui foram 25 vitórias, nove empates e 10 derrotas. O treinador, que assumiu o Galo logo após a vexatória eliminação na Copa do Brasil para o Afogados, de Pernambuco, termina o trabalho com o título mineiro e com a vaga na fase de grupos da Libertadores.

O aproveitamento geral de Jorge Sampaoli até aqui é de 63,63%.

Atlético se manifesta horas depois

Quase três horas depois de o técnico ter publicado a sua carta de despedida, o Atlético se manifestou oficialmente e informou do acordo para a rescisão do vínculo após o Brasileiro.

“O Clube Atlético Mineiro informa que aceitou a decisão do técnico Jorge Sampaoli de rescindir seu contrato com o clube, ao término do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira, dia 25.

Jorge Sampaoli teve papel importante para mudar o Atlético do patamar em que se encontrava nos últimos anos, graças a sua disciplina, enorme capacidade de trabalho e permanente espírito de cobrança.

O Galo agradece ao treinador, deseja-lhe sucesso e sente-se honrado por tê-lo tido como técnico por cerca de um ano.

Saludos y hasta luego, Jorge!"

Galo vai ao mercado

Agora, o Galo terá que buscar um novo treinador. O nome favorito da diretoria é Renato Gaúcho, do Grêmio. Outros nomes cotados são de Cuca e Leonardo Jardim.

Em breve contato com a reportagem do Superesportes, Cuca afirmou que ainda não foi procurado pelo Atlético. O treinador se despediu do Santos nesse domingo, após o empate por 1 a 1 com o Fluminense, na Vila Belmiro.

Veja a carta completa de Sampaoli

O ano de 2020 foi duríssimo para a humanidade. Nós tentamos ser criativos e queríamos construir um time que, ao ligar a televisão, fizesse com que todos esquecessem, por um momento, a tristeza. Nós não propusemos simplesmente ganhar: tentamos que fossem felizes.

Não houve um só dia no Atlético Mineiro que abandonássemos nossa ideia sobre o futebol. Esta equipe teve a valentia de jogar dentro e fora de casa da mesma maneira. Jamais renunciamos pensar na meta rival. O Galo colocou seu coração em todo o país. Isso me dá um orgulho impressionante. Desejo que seja uma ideologia que fique no clube. O futebol brasileiro tem um talento infinito e me reencontrou com a beleza do jogo em uma marca que ficará em mim para sempre.

Chegou o final. Na quinta-feira será o último jogo. Fica uma nostalgia de não poder ter comandado o time com o estádio cheio. Sei que teríamos emocionado a muitos. Queria viver esses vídeos que havia visto de uma torcida apoiando sem parar.

Queria agradecer a todo o clube. Aos jogadores, por sua entrega. A todos os empregados da instituição por deixar a alma neste projeto. Aos diretores, por nos darem grandes condições para poder trabalhar. À cidade, por nos tratar tão bem.

O Galo está destinado a brigar por grandes coisas. Sei que os triunfos ocorrerão. Eu adoro vocês e desejo que sigam caminhando tendo o coração como guia.


Fonte: Super Esportes

Foto:  Bruno Cantini/Atlético / Conteúdo / Reprodução / Twiter

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: