Capa da Página Sem acordo para reduzir salários, Rodriguinho não ficará no Cruzeiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 12º MIN 35º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Sem acordo para reduzir salários, Rodriguinho não ficará no Cruzeiro

01/02/2020 às 09:00h

Facebook

Reunião no fim da manhã desta sexta-feira, na Toca da Raposa II, definiu que Rodriguinho não seguirá no Cruzeiro nesta temporada. Essa foi a mensagem transmitida por Luis Paulo Santarelli, empresário do meia, ao diretor de futebol do clube celeste, Ocimar Bolicenho. O jogador não treinará mais com o grupo e está fora da partida contra o Tupynambás, neste domingo, em Juiz de Fora.

Nessa quinta-feira, durante cerimônia de premiação do Troféu Guará, da Rádio Itatiaia, o presidente do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro, Saulo Fróes, afirmou que a proposta feita a Rodriguinho ainda foi 'totalmente acima do teto' imposto pelo grupo no início desta temporada.

“Nós fizemos uma proposta pelo Rodriguinho, na minha opinião até acima do que o Cruzeiro pode pagar, totalmente acima. Mas foi feita. Então o Carlos (Ferreira Rocha), que está cuidando do futebol, parece que vai ter uma resposta dele. Mas também, se tiver um outro clube, a gente vai liberar. Não tem problema nenhum. A gente negocia e vai liberar”, disse Fróes.

O estafe de Rodriguinho indicou ao Cruzeiro que o jogador irá se transferir para um clube europeu, embora não tenha mostrado qualquer tipo de proposta. Cabe ao clube e ao meia, a partir de agora, com ajuda do departamento jurídico, definir como serão quitados os atrasados e os detalhes contratuais. A avaliação é que o caso, neste momento, é muito semelhante ao do atacante Fred, que também deixará a Raposa.

Trajetória no Cruzeiro

Rodriguinho foi contratado pelo Cruzeiro em janeiro de 2019 ao Pyramids, do Egito, e assinou contrato por três temporadas. Na oportunidade, o clube divulgou que fez um investimento de US$ 4 milhões (R$ 15 milhões, na cotação daquela época). A atual gestão, no entanto, diz que os números chegam a 7 milhões de dólares (cerca de R$ 30 milhões atuais). Desse valor, apenas a primeira parcela, de US$ 1 milhão, foi quitada.

Em 2019, Rodriguinho disputou 20 jogos pelo Cruzeiro e marcou oito gols - quatro no Campeonato Mineiro, três na Copa Libertadores e um no Campeonato Brasileiro. Ele ficou fora da equipe no segundo semestre por causa de problemas de hérnia na região lombar.

Nesta temporada, entrou em campo nas duas partidas realizadas pelo Cruzeiro, contra Villa Nova e Boa Esporte, ambas pelo Estadual, sempre como titular.

Fonte: Super Esportes
Foto: Bruno Haddad


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: