Capa da Página Sérgio Sette Câmara desiste de tentar reeleição à presidência do Atlético - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Sérgio Sette Câmara desiste de tentar reeleição à presidência do Atlético

13/11/2020 às 08:22h

Facebook

O presidente Sérgio Sette Câmara não tentará a reeleição no Atlético. O advogado comunicou a decisão em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, na sede administrativa do clube, no bairro de Lourdes, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Eleito em dezembro de 2017 para um mandato que acaba este ano, Sette Câmara desejava disputar as eleições, mas não recebeu o apoio dos principais investidores do Atlético. A chapa do grupo da situação deve ser formada por Sérgio Batista Coelho e José Murilo Procópio - como foi adiantado pelo Superesportes e pela Coluna do Jaeci.

"Com o sentimento de dever cumprido e com a sensação de que nós, hoje, transformamos o clube e o colocamos em outro patamar, entregando muito melhor do que recebemos, eu de fato não vou ser candidato à reeleição. Acho que meu papel aqui foi cumprido. Vou, com certeza, ajudar, como conselheiro Grande Benemérito que sou, como atleticano doente que sou, quem quer que esteja aqui", disse Sette Câmara.

Sette Câmara não quis oficializar os nomes da dupla que será indicada pelo grupo político para assumir a presidência do clube na eleição do dia 11 de dezembro.

"Neste grupo, estamos conversando para a indicação de uma chapa. Por respeito aos conselheiros, que vão ainda ser consultados, depois tem os apoiamentos para o registro da chapa, me reservo aqui para não ficar citando nomes. Mas, quero crer, que desse grupo vai sair uma chapa muito boa, que vai fazer valer todo esse sacrifício que nós fizemos durante esse período de transformação do Atlético. Ela com certeza vai performar e ter muitas conquistas. Quero estar presente na inauguração de nosso estádio, ao lado do meu amigo Lásaro, em um camarote que estamos tentando comprar", completou.

Venceria a eleição

Sette Câmara revelou que a decisão aconteceu depois de muita reflexão. Ele, no entanto, acredita que, pelo trabalho feito nos últimos anos, teria totais condições de ser reeleito na presidência do clube.

"Eu optei, depois de refletir bastante, em não sair para a reeleição. Acho que teria todos os predicados e méritos e, se quisesse, poderia sim sair (como candidato) e ganharia, porque acho que fiz um excelente trabalho, e o conselho do Atlético reconhece isso. Mas eu preciso cuidar da minha vida profissional, da minha família. Me comprometi com esse grupo, com Rubens (Menin), Rafael (Menin), Ricardo (Guimarães) e o Renato (Salvador). E o Lásaro também, que vai estar com a gente, se Deus quiser, estou tentando puxar ele. Vou continuar trabalhando e ajudando, de alguma maneira, na continuidade deste trabalho, que tem um longo caminho pela frente, para colocar o Clube Atlético Mineiro naquele patamar mais elevado que todos nós desejamos".

Desculpas ao torcedor


Durante a gestão, Sette Câmara entrou em atrito com os torcedores em alguns momentos. Ele chegou a processar alguns atleticanos por causa de críticas mais pesadas nas redes sociais. Neste momento de despedida, o atual presidente pediu desculpas aos atleticanos.

"O Atlético, como sempre disse, não tem dono. Quem manda aqui é a torcida do Atlético. É para ela que a gente trabalha, para ela que eu trabalhei esse período todo. Eu peço desculpas se, em algum momento, a torcida ficou chateada. Erramos, mas foi tentando acertar. Acredito que o saldo é muito positivo, principalmente porque sabemos que, o que foi feito nos últimos três anos, vai gerar muitos e muitos frutos nos próximos anos", concluiu.

Fonte: Super Esportes

Foto: Pedro Souza/Atlético

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: