Capa da Página Série B: Cruzeiro pode ter sexta pior campanha mineira nos pontos corridos - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Série B: Cruzeiro pode ter sexta pior campanha mineira nos pontos corridos

19/01/2021 às 09:05h

Facebook

A campanha do Cruzeiro em 2020 é uma das mais frustrantes dos mineiros na Série B por pontos corridos. Em 14º lugar, com 44 pontos, o time pode chegar no máximo a 53, desde que vença os duelos restantes contra Operário - às 21h30 desta quarta-feira, no Independência -, Náutico e Paraná. Se isso ocorrer, terá o 10º índice mais baixo entre 22 participações do estado. Por outro lado, alcançará o sexto pior desempenho em caso de três derrotas na reta final.

Há alguns meses, o presidente Sérgio Santos Rodrigues chegou a minimizar o começo ruim em comparação a outros grandes que disputaram a segunda divisão - Corinthians, Internacional, Atlético, Vasco e Palmeiras. Ele citou como exemplo a recuperação do América, que saiu da zona de rebaixamento em 2019, na 10ª rodada, e só não conquistou o acesso em função da derrota para o já rebaixado São Bento, por 2 a 1, no Independência (ficou em quinto, com 61 pontos).

“No ano passado vimos o América, salvo engano, com sete pontos na 12ª rodada. Na sexta rodada, tinha dois pontos, com quatro derrotas e dois empates. Depois o time conseguiu se encaixar e só não se classificou por uma fatalidade ao perder para um time rebaixado”, afirmou o dirigente, no início de setembro, quando o time azul era o 17º, com quatro pontos em sete jogos.

O próprio Atlético campeão de 2006 foi mencionado pelo mandatário celeste. “Vi que uma reportagem quis dizer que o Cruzeiro tem a pior sexta ou sétima rodada dos grandes que já caíram, mas eu também citei o exemplo de 2006, quando outro time de Minas Gerais que esteve lá, o Atlético Mineiro, chegou na 12ª rodada também em 15º lugar (na verdade, era o 11º, com 15 pontos). No fim, acabou se sagrando campeão da Série B”.

O Cruzeiro, contudo, passou longe de “copiar” os rivais na Série B, já que não esteve perto do G4 uma vez sequer e mal conseguiu aparecer entre os dez melhores na classificação. Prejudicado pelo início com seis pontos negativos, em razão de punição na Fifa, o grupo treinado pelo técnico Luiz Felipe Scolari ficará abaixo do Boa Esporte, que contabilizou 59 em 2014 e 57 em 2011, além do Ipatinga, vice-campeão em 2007, com 67.

A Raposa ainda corre o risco de não superar o Boa, 11º em 2013, com 50, e o Ipatinga, 15º em 2009, com 49. Por ora, a pontuação é a mesma do clube de Varginha, 15º em 2014, com 44. Entre os melhores índices estão o do América, ganhador da Série B de 2017, com 73, e o do Atlético, que ficou com o título de 2006 ao somar 71. A marca atual do Coelho também é bastante positiva - é o líder, com 68, tendo potencial para alcançar 77 e bater novo recorde em Minas Gerais.

Fonte: Super Esportes

Foto: Fernando Alves/Agif/Estadão Conteúdo

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: