Capa da Página Alta no preço dos alimentos segue impactando várias famílias - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 32º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

02/08/2021 às 07:51h

Alta no preço dos alimentos segue impactando várias famílias

Facebook

Os preços dos principais itens que compõem a cesta básica, sobretudo, leite, feijão, arroz e óleo de cozinha tem assustado os consumidores na hora das compras nos supermercados, em todas as regiões do país. O preço da carne também tem tirado o sono de muitas famílias.

Essas alterações estão relacionados à pandemia do coronavírus, à valorização do dólar, à sazonalidade da safra, ao aumento das exportações e ao crescimento da demanda interna. A inflação medida pelo índice de preços ao consumidor amplo, o IPCA, subiu mais de 8% em 12 meses. Um aumento de 3,77% só no primeiro semestre deste ano.

Nossa reportagem foi até alguns supermercados de Pará de Minas e conversou com algumas donas de casa para saber como elas estão se virando na hora de fazer as compras. Em entrevista ao Jornal da Cidade, Maria das Dores reclama dos preços dos alimentos e explica como vem fazendo para driblar a atual situação:

Clique e ouça Maria das Dores:


Outra dona de casa que reclama dos preços dos alimentos é Maria Ferreira, a qual afirma que ultimamente está dando para comprar apenas o necessário para conseguir se alimentar:

Clique e ouça Maria Ferreira:


De acordo com o IBGE, somente no primeiro semestre de 2021, o açúcar cristal subiu 14,25%, a carne 7,25%, e ovos e frango 6,87%.

Além dos alimentos, outro produto principal para o preparo deles, que teve vários aumentos de preço recentemente é o gás de cozinha, que em Pará de Minas pode ser encontrado entre R$ 99,00 e R$ 103,00.

Com os preços em disparada, o jeito mesmo é buscar alternativas, como pesquisar, fazer compras por atacado, junto com familiares e amigos, rachando a conta. Dessa forma, o consumidor compra em mais volume e paga menos, como alertam economistas.

Por Sérgio Viana e Igor Araujo

Fotos: Espacial FM 


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: