Capa da Página Detentos da Pio Canedo serão vacinados contra a Covid-19 no próximo sábado - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

17/06/2021 às 08:05h

Detentos da Pio Canedo serão vacinados contra a Covid-19 no próximo sábado

Facebook

A Prefeitura de Pará de Minas vai vacinar na manhã do próximo sábado (19), detentos da penitenciária Doutor Pio Canedo, contra a Covid-19. A expectativa é de que quase todos os presos recebam a primeira dose nesta etapa. A informação consta na Nota Informativa 35/2021, publicada na última segunda-feira (14), no site do poder executivo.

De acordo com a nota, a vacinação da População Privada de Liberdade foi estabelecida de acordo com orientação da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), conforme diretrizes do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.

A expectativa é de que os cerca de 800 detentos da Pio Canedo já sejam vacinados com a primeira dose no sábado (19). Somente aqueles que apresentarem sintomas gripais não poderão ser imunizados nesta etapa e terão que aguardar 28 dias.

Além dos detentos, os servidores da Pio Canedo também serão vacinados no próximo sábado (19), conforme prioridade estabelecida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.

Segundo informações obtidas pelo Departamento de Jornalismo da Rádio Espacial FM, alguns detentos e funcionários da Pio Canedo já haviam sido vacinados em datas anteriores.

Nossa reportagem procurou o secretário municipal de Saúde, Wagner Magesty, o qual informou que a pasta dará mais informações nesta quinta-feira (17).

A vacinação em massa na Pio Canedo ocorrerá duas semanas após a notícia do surto de Covid-19 na unidade prisional de Pará de Minas, divulgada em pelo Jornal da Cidade do dia 4 de junho.

Na ocasião, mais de 20 detentas testaram positivo para o novo coronavírus. Apenas uma delas precisou ser internada no Hospital Municipal Padre Libério, com quadro de saúde estável, sendo que a partir do diagnóstico da paciente, foi descoberto o surto da doença na ala feminina que contava com 69 mulheres.

Na época, o secretário municipal de Saúde, Wagner Magesty Silveira, havia informado que a partir do caso, a Secretaria decidiu fazer uma testagem em massa na ala feminina do presídio, sendo que 51 detentas já foram testadas e acabaram 37 totalmente isoladas.

O secretário chegou a se reunir com a direção da Pio Canedo e entrou em contato com os representantes do Estado para que medidas fossem tomadas em conjunto para evitar a proliferação da doença no presídio.

Por JC Notícias

Fotos: Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: