Capa da Página Elias Diniz confirma dificuldade das prefeituras em comprar vacinas contra a Covid-19 após restrições do Ministério da Saúde - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 3º MIN 23º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

14/06/2021 às 08:12h

Elias Diniz confirma dificuldade das prefeituras em comprar vacinas contra a Covid-19 após restrições do Ministério da Saúde

Facebook

No mês de fevereiro, a Frente Nacional de Prefeitos criou um consórcio nacional para a aquisição de vacinas contra a Covid-19. O objetivo era reunir diversas prefeituras para negociar a aquisição de imunizantes no mercado internacional.

Na mesma época, o prefeito de Pará de Minas, Elias Diniz (PSD), iniciou as tratativas para que a Prefeitura fizesse a aquisição de 25 mil vacinas da AstraZeneca. O chefe do executivo chegou a enviar um projeto de lei para a Câmara Municipal, solicitando a autorização para abertura de crédito especial no valor de R$ 1,2 milhão para a compra dos imunizantes, sendo autorizado pelos vereadores durante reunião ordinária.

Porém, no mesmo mês de março, o Ministério da Saúde reforçou que municípios e Estados brasileiros, apesar de a autonomia para negociar e comprar vacinas contra a Covid-19, tinham que entregar os imunizantes para o Governo Federal, para que fosse feita a divisão igualitária para todo o território nacional.

A imposição acabou esfriando as pretensões dos prefeitos e governadores de adquirir vacinas contra a Covid-19, como aconteceu em Pará de Minas. Em entrevista ao Jornal da Cidade, o prefeito Elias Diniz cita as restrições impostas pelo Ministério da Saúde e confirma que a pasta do Governo Federal se comprometeu a vacinar toda a população adulta até o fim de 2021. O prefeito ainda critica o atraso na liberação dos imunizantes:

Clique e ouça Elias Diniz

O Ministério da Saúde informa que o Brasil atingiu a marca de mais de 50 milhões de pessoas vacinadas com a primeira dose da vacina Covid-19. O número representa cerca de 32% dos 160 milhões de brasileiros com perfil vacinável.

Entre os vacinados com a primeira dose, 23,5 milhões já receberam a segunda dose do imunizante, isto é, 14,7% da população vacinável no Brasil. Ao todo, o país tem mais de 74,5 milhões de doses aplicadas.

O Brasil atingiu a marca de mais de 105 milhões de doses de vacina Covid-19 distribuídas desde janeiro.

Por Sérgio Viana

Fotos: Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: