Capa da Página Falta de limpeza em caixas d’água ou reservatórios é um dos fatores da proliferação do mosquito da Dengue - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

03/12/2020 às 08:00h

Falta de limpeza em caixas d’água ou reservatórios é um dos fatores da proliferação do mosquito da Dengue

Facebook

O período de maior incidência do mosquito Aedes aegypti começou e todo cuidado é pouco no que se refere ao combate ao inseto transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela. Uma dessas precauções é a limpeza constante dos reservatórios d’água, presente na maioria das casas dos pará-minenses.

Manter uma caixa d’água limpa significa mais qualidade da água consumida e a eliminação de qualquer foco existente do Aedes aegypti. Nesse cenário, a reportagem do Jornal da Cidade conversou com Bianca Faria, líder do Controle de Qualidade da concessionária “Águas de Pará de Minas”.

Em entrevista, ela explica a importância dos moradores da cidade cuidarem dos reservatórios de suas residências:

Clique e ouça Bianca Faria

Bianca destaca que uma das principais ocorrências registradas pela concessionária é a falta de limpeza das caixas d’água em Pará de Minas:

Clique e ouça Bianca Faria

Recomenda-se que de três em três meses haja a limpeza das caixas d’água. Além disso, o proprietário do imóvel deve estar sempre atento a vedação dos reservatórios para que não se torne um local propício para a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Por Henrique Silva

Fotos: Divulgação | CAPAM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: