Capa da Página - Paciente com suspeita de coronavírus é acusado de fugir da UPA de Pará de Minas - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 10º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

20/03/2020 às 07:09h

Paciente com suspeita de coronavírus é acusado de fugir da UPA de Pará de Minas

Facebook

Um paciente com suspeita do novo coronavírus, que não teve a idade divulgada foi acusado de fugir da UPA – Unidade de Pronto Atendimento, do bairro Senador Valadares, em Pará de Minas, nessa quinta-feira (19). Horas depois, ele foi encontrado em sua casa, no bairro São José, por uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde.

A notícia se espalhou pelas redes sociais e deixou muitos pará-minenses assustados. Diante da situação, a reportagem do JC Notícias procurou o secretário municipal de Saúde, Wagner Magesty Silveira, o qual confirmou a informação e deu detalhes sobre o fato.

De acordo com o secretário, o paciente relatou que procurou uma unidade de saúde particular na última segunda-feira (16), com alguns sintomas da doença, mas foi liberado para casa. Nessa quinta-feira (19), o homem procurou a UPA com dispneia e febre. O empresário havia viajado para os Estados Unidos há cerca de 14 dias.

Diante da situação, o médico decidiu colocá-lo em quarentena, mas o paciente teria se recusado evadiu da unidade. De imediato, a Secretaria Municipal de Saúde, de posse das informações do endereço do homem, enviou uma ambulância até sua casa, onde ele foi encontrado:

Clique e ouça Wagner Magesty

Wagner Magesty explica que o paciente entra na lista de casos suspeitos do novo coronavírus em Pará de Minas. Agora já somam quatro na cidade:

Clique e ouça Wagner Magesty

O secretário também comenta sobre a informação divulgada nas redes sociais que uma funcionária do TFD teria tido contato com o irmão dela, de Belo Horizonte, com sintomas suspeitos de coronavírus. A servidora pública, inclusive, foi afastada do trabalho por 14 dias:

Clique e ouça Wagner Magesty

Wagner Magesty aproveita para pedir calma aos pará-minenses e afirma que a Prefeitura está tomando todas as medidas para conter o COVID-19, em Pará de Minas. Também é importante que todos façam sua parte na prevenção.

Ainda segundo ele, o TFD vai passar a funcionar onde estava instalada a Defensoria Pública, na Rua São José. O antigo P.A passa a receber a Unidade Sentinela de Atendimento a Síndromes Respiratórias:

Clique e ouça Wagner Magesty

Ainda sobre o caso do paciente que teria fugido da UPA, o JC Notícias o procurou através de suas redes sociais e ele afirmou que não teria motivos para fugir, já que ele próprio buscou atendimento. Ainda segundo o empresário, ele ficou na unidade durante toda a manhã de ontem (19), e nesse meio tempo, uma funcionária da Secretaria de Saúde o orientou a ir embora, que o exame seria feito em sua casa. Por fim, o homem voltou a negar que fugiu e que a Polícia estava a sua procura. O pará-minense ainda criticou as redes sociais pelas informações desencontradas.

Por Sérgio Viana

Fotos: Espacial FM/Arquivo


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: