Capa da Página Pará de Minas tem três casos suspeitos de Coronavírus; dois já foram notificados - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 10º MIN 32º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

18/03/2020 às 06:52h

Pará de Minas tem três casos suspeitos de Coronavírus; dois já foram notificados

Facebook

Desde a chegada do Coronavírus em Minas, principalmente aqui na região Centro-Oeste, as unidades de saúde de todos os 54 municípios que a compõem estão em alerta para qualquer caso suspeito para o COVID-19. Em Pará de Minas, já são admitidos pela secretaria municipal de Saúde três casos suspeitos da doença, desses dois já notificados e aguardando resultados dos exames de confirmação.

A situação de alerta já começa a exaltar os ânimos da população que vê na UPA – Unidade de Pronto Atendimento 24H como o único lugar possível para tratamento. Nessa última segunda-feira (16), uma discussão acalorada entre um paciente e um enfermeiro foi flagrada e postada nas redes sociais.

Fotos: Espacial FM

Nesse cenário, a reportagem do Jornal da Cidade esteve com o secretário municipal de Saúde, Wagner Magesty, para saber como está a situação de Pará de Minas quanto a lotação das unidades de atendimento. Em entrevista, ele confirma os três casos suspeitos da doença e o que está sendo feito para bem atender a população:

Clique e ouça Wagner Magesty

Wagner Magesty comenta sobre a superlotação das unidades de saúde e a questão dos ânimos exaltados entre pacientes e equipe médica:

Clique e ouça Wagner Magesty

O secretário de Saúde destaca que o número de casos de Coronavírus pode ser maior do que se imagina, uma vez que o laudo confirmando os resultados dos exames demora de 08 a 10 dias para ser divulgado:

Clique e ouça Wagner Magesty

Como dito na reportagem, em casos de sintomas leves do COVID-19 como tosse, espirros incessantes e febre não tão alta, o recomendável é se manter em casa, tomando cuidados básicos como os da gripe.

Deve procurar uma unidade de saúde apenas aquele paciente que apresenta febre alta e dificuldades para respirar.

Por Henrique Silva

Fotos: Espacial FM



Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: