Capa da Página Pesquisa mostra que crianças têm ido menos ao dentista; especialista alerta para os riscos - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 21º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

27/10/2020 às 08:50h

Pesquisa mostra que crianças têm ido menos ao dentista; especialista alerta para os riscos

Facebook

Em tempos de pandemia, as crianças têm ido menos ao dentista. É o que mostra uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Pelotas. Depois da confirmação do primeiro caso de covid-19 aqui no Brasil, em fevereiro, a procura por tratamento dentário infantil caiu 66%. E alcançou 89% em abril, durante a fase mais aguda da pandemia.

Essa queda nos atendimentos se deu pelo distanciamento social e pelas orientações de autoridades de saúde de reduzir as atividades como forma de evitar riscos de contágio, restringindo esses procedimentos apenas à urgência e emergência.

Sobre o assunto, a reportagem do Jornal da Cidade conversou com o dentista clínico geral, Dr. Talles Cardoso Dias. Em entrevista, ele comenta a queda no número de atendimentos de crianças nos consultórios odontológicos e alerta aos pais quanto aos riscos de não cuidar da saúde bucal dos pequenos:

Clique e ouça Talles Dias

Dr. Talles ressalta os cuidados tomados pelos profissionais da odontologia para prevenir a Covid-19. O especialista destaca também como deve ser a higienização bucal em casa:

Clique e ouça Talles Dias

Deixar de ir ao dentista pode expor a criança a doenças e riscos envolvendo a saúde bucal, como cáries, excesso de tártaro e mau hálito. Segundo especialistas, o recomendável é visitar o consultório odontológico a cada seis meses.

Por Henrique Silva

Fotos: Rádio Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: