Capa da Página Servidor público da Prefeitura é exonerado do cargo devido a mandado de prisão em aberto por estelionato previdenciário - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

17/06/2021 às 08:17h

Servidor público da Prefeitura é exonerado do cargo devido a mandado de prisão em aberto por estelionato previdenciário

Facebook

O servidor público Adaílton Antônio Moreira, que atuava como gerente de endemias na Prefeitura de Pará de Minas, foi exonerado do cargo no último dia 9 de junho, devido a um mandado de prisão em aberto contra ele por estelionato. A informação sobre a exoneração foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde, Wagner Magesty.

A reportagem do Jornal da Cidade apurou que existe um processo do Ministério Público Federal contra Adaílton por Estelionato Previdenciário devido a fraude de auxílio-doença e atestados médicos falsos com timbre da Prefeitura de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, apresentados na Agência da Previdência Social da mesma cidade.

Após tomar conhecimento do processo, nossa reportagem procurou o secretário Wagner Magesty, o qual confirmou que após obter informações sobre caso, decidiu exonerar o servidor público do cargo que era de confiança da Prefeitura de Pará de Minas:

Clique e ouça Wagner Magesty

Wagner lamenta a situação de Adaílton, já que ele era um profissional reconhecido pelos trabalhos prestados na cidade:

Clique e ouça Wagner Magesty

Segundo informações obtidas pelo Jornal da Cidade, Adaílton ainda não se apresentou a Polícia. Nossa reportagem entrou em contato com ele por telefone, para oferecer direito de resposta, porém não obtivemos retorno.

Por JC Notícias

Fotos: Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: