Capa da Página Fiat confirma câmbio CVT, adota nova identidade visual e quer voltar a brigar pela liderança do mercado brasileiro daqui 2 anos - Veículos - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 22º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Veículos

28/07/2020 às 09:00h

Fiat confirma câmbio CVT, adota nova identidade visual e quer 'voltar a brigar pela liderança do mercado brasileiro' daqui 2 anos

Facebook

A Fiat anunciou nesta quarta-feira (22) o que chama de "reposicionamento da marca" no Brasil. De acordo com a empresa, haverá novidades em termos de produto, promessa de melhora na qualidade dos serviços e uma identidade visual renovada.

O objetivo, segundo o diretor da marca, Herlander Zola, é "voltar a brigar pela liderança do mercado brasileiro”. De acordo com o executivo, isso deve acontecer no final desse processo de renovação, daqui cerca de 2 anos.

A Fiat encerrou 2019 como a terceira marca que mais vendeu carros no país. Foram 366 mil unidades emplacadas, cerca de 110 mil exemplares a menos do que a Chevrolet, líder de vendas. A empresa também foi superada pela Volkswagen.

A Fiat liderou o mercado brasileiro durante mais de uma década, entre 2003 e 2015, mas perdeu o posto em 2016.

Para tentar recuperar a liderança após esse período de 2 anos citado por Zola, a Fiat afirmou que vai oferecer câmbio automático do tipo CVT no Brasil. A empresa ainda não informou quais modelos terão essa opção, mas afirmou que o primeiro deles chega em 2021.

Em termos de produtos, a empresa reforçou o lançamento da nova geração do 500 no país. Em sua nova geração, o mais emblemático modelo da Fiat se tornou totalmente elétrico. A chegada, porém, teve que ser adiada para 2021 em função da pandemia do coronavírus.

Além deles, são esperados dois novos SUVs para os próximos anos, além de inéditos motores turbo, 1.0 e 1.3, que devem ser lançados já no começo de 2021.

Fonte: G1

Foto: Divulgação / Fiat

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: