Capa da Página Em Pará de Minas, maioria dos pecuaristas está regularizada na segunda etapa da campanha contra a febre aftosa - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

10/12/2019 às 10:54h

Em Pará de Minas, maioria dos pecuaristas está regularizada na segunda etapa da campanha contra a febre aftosa

Facebook

Termina nesta terça-feira (10) o prazo para que os produtores rurais façam a declaração da segunda etapa da campanha contra a Febre Aftosa, iniciada em 1º de novembro. Neste ano, além dos registros das doses vacinais, os pecuaristas devem apresentar ao IMA – Instituto Mineiro de Agropecuária, o CAR – Cadastro Ambiental Rural.

Os proprietários de bovinos e bubalinos que, por ventura, não cumprirem com suas responsabilidades legais no tempo estipulado pelo governo de Minas estará sujeito a várias penalidades.

Nesse cenário, a reportagem do JC Notícias conversou com o chefe do IMA em Pará de Minas, Lucas Silva Jardim. Em entrevista, ele faz um balanço sobre a segunda fase da campanha contra a febre aftosa:

Clique e ouça Lucas Silva Jardim

Lucas destaca o que é preciso para o produtor rural fazer sua declaração na segunda etapa da campanha:

Clique e ouça Lucas Silva Jardim

O chefe do escritório do IMA em Pará de Minas informa ainda a necessidade do produtor apresentar o CAR na declaração deste ano:

Clique e ouça Lucas Silva Jardim

Como dito na reportagem, a região abrangida pelo escritório do IMA de Pará de Minas já alcançou uma média de 92% das declarações. O prazo se encerra as 23H59 desta terça-feira (10) e não haverá prorrogação. Para saber mais informações, ligue para o telefone: (37) 3236-3623.

Por Henrique Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: