Capa da Página Médico parlamentar denuncia possível calote do Hospital Nossa Senhora da Conceição e da Prefeitura - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

23/01/2020 às 08:00h

Médico parlamentar denuncia possível calote do Hospital Nossa Senhora da Conceição e da Prefeitura

Facebook

Na manhã dessa quarta-feira (22), o médico e vereador Doutor Ênio Talma Ferreira de Rezende veio a público, por meio de suas redes, denunciar um possível calote que o Hospital Nossa Senhora da Conceição daria nos médicos que prestam atendimento na instituição. Segundo ele, a dívida que vem se arrastando há anos, seria paga pela Prefeitura, interventora da entidade, em apenas 60% de sua totalidade.

A reportagem do JC Notícias procurou o médico e parlamentar para saber qual é a real situação da dívida do Hospital Nossa Senhora da Conceição com os médicos e sobre o possível calote aos profissionais da saúde. Em entrevista, ele explica que o montante da dívida do HNSC é de R$ 3 milhões e a intenção do órgão executivo é pagar apenas parte do que é devido aos médicos da instituição de saúde:

Clique e ouça Dr. Ênio Talma


Dr. Ênio chama a atenção para a passividade da classe médica em tomar atitudes que valorizem os profissionais dentro do HNSC:

Clique e ouça Dr. Ênio Talma

O médico e vereador foi questionado por nossa reportagem se há a possibilidade de uma possível paralisação dos atendimentos caso o valor devido aos médicos não seja pago em sua integralidade. Segundo Doutor Ênio, essa hipótese não foi levantada:

Clique e ouça Dr. Ênio Talma


Nossa equipe procurou a Prefeitura de Pará de Minas, interventora do Hospital Nossa Senhora da Conceição, para saber qual a postura do órgão executivo sobre a denúncia do médico e vereador, Dr. Ênio. Contudo, não quiseram se posicionar e nos indicaram procurar respostas na própria instituição de saúde.Sendo assim, entramos em contato com o HNSC.

Por meio de nota, a entidade informou o seguinte: “A Irmandade Nossa Senhora da Conceição, mantenedora do Hospital Nossa Senhora da Conceição, propôs um acordo para liquidar a dívida com os médicos da Instituição, com a proposta de pagamento imediato.

Embora tenha melhorado os resultados operacionais, o HNSC ainda enfrenta dificuldades financeiras para manter os serviços de saúde funcionando re gularmen te.A proposta foi amplamente estudada e feita dentro das condições econômicas atuais que se encontra a Instituição,

evitando promessas as quais a Irmandade não possa cumprir. A Irmandade Nossa Senhora da Conceição está aberta ao diálogo para chegar a um desfecho que seja bom para todas as partes envolvidas.”

Por Henrique Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: