Capa da Página Cinco perguntas para Cristina Melo - Cultura - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Cultura

09/03/2022 às 20:33h

Cinco perguntas para Cristina Melo

Facebook

Cristina Melo é bastante conhecida nas redes sociais e tem milhares de seguidores. Quando aparece em seus stories está sempre de bom humor, transmitindo pensamentos positivos, dando dicas interessantes e práticas sobre gestão de negócios e de postura profissional. Com conteúdo relevante e abrangente, ela desperta a atenção de pessoas que desejam fazer uma reestruturação na carreira ou no ramo de atividade que exerce. Para esta entrevista, Cristina respondeu questões de interesse de muita gente.

JRP- As pessoas têm dúvidas sobre sua profissão por você estar nas redes sociais? O que você faz?

CM – Não, não têm. O meu perfil nas redes sociais é estruturado para quem acessá-lo, imediatamente, saber que sou uma consultora de negócios. A descrição na Bio, os destaques e o conteúdo no feed são profissionais. Os stories levam um pouco mais do meu dia a dia e interação direta com o público. A consultoria de negócios é baseada em diagnosticar problemas e/ou estratégias para desenvolvimento lucrativo e qualitativo de um negócio!

JRP- Para quem almeja usar as redes socias, quais dicas você daria?

CM - Identificar o público alvo; desenvolver uma marca (o que denominamos de identidade visual); aprender tudo sobre a rede social escolhida para assim saber usufruir de todas as ferramentas que ela disponibiliza.

JRP - Quais são os erros ou armadilhas mais frentes em quem usa rede social?

CM - Desenvolver um assunto que não domina. Levar informação errada para o público pode causar danos e processos. Entender que você não tem controle de quem te assisti, ou seja, existem pessoas boas e ruins em todos os lugares, portanto, suas informações pessoais devem ser bem pensadas antes de serem divulgadas. Você pode limitar a intimidade a ser divulgada para evitar problemas. Não saber as regras de proteção de contas e assim se tornar um alvo fácil para os hackers.

JRP - Você vê problemas em crianças e adolescentes usar rede social? Por quê?

CM - Tudo que é demais faz mal e tudo que é de menos faz falta. Vivemos em um mundo digital, isto não quer dizer que devemos deixar as crianças imersas nas redes, mas, também isentas de tudo. Importante ter senso da família que permite que crianças e adolescentes usem redes sociais e fazer acompanhamento/monitoramento de perto pelos pais ou responsáveis.

JRP - Por que buscar a ajuda de um profissional para saber usar a rede social?

CM - Faz total diferença na marca e no posicionamento dela no mercado, pois, diminui o risco de dar errado, aumenta o engajamento, vendas e, consequentemente, o faturamento; além da economia de tempo e ganho em profissionalismo.

***

Obrigado pela entrevista Cristina Melo, adoramos!


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: