Capa da Página Policial que matou homem negro nos EUA após confundir arma com taser pede demissão; chefe da polícia também se demite - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 9º MIN 23º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

14/04/2021 às 08:00h

Policial que matou homem negro nos EUA após confundir arma com taser pede demissão; chefe da polícia também se demite

Facebook

A policial Kim Potter, que baleou e matou o jovem negro Daunte Wright no fim de semana em Brooklyn Center, no Minnesota (Estados Unidos), pediu demissão nesta terça-feira (13), informou o prefeito da cidade. O chefe da polícia local, Tim Gannon, também se demitiu.

Wright morreu no domingo, após ser parado em uma abordagem sobre o registro vencido do carro. Durante a ação, os policiais descobriram que existia um mandado de prisão contra ele. A policial Potter, então, sacou a arma de fogo em vez da arma de choque e disparou contra o homem de 20 anos.

O prefeito de Brooklyn Center, Mike Elliott, disse que aprovou o pedido de demissão da policial, mas afirmou não ter certeza se ela fez isso já sabendo que seria demitida.

Fonte: G1

Foto: Star Tribune/Getty Images

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: