Capa da Página Cruzeiro inicia era Felipão contra o Operário e mira campanha de recuperação na Série B - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Cruzeiro inicia 'era Felipão' contra o Operário e mira campanha de recuperação na Série B

20/10/2020 às 08:56h

Facebook

O Cruzeiro inicia um novo ciclo nesta terça-feira. Sob o comando de Luiz Felipe Scolari, o clube tenta deixar para trás os primeiros dez meses - de desempenho e resultados ruins - para mirar uma campanha de recuperação na Série B do Campeonato Brasileiro. O adversário da vez é o Operário, em jogo marcado para o estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, no Paraná.

Aos 71 anos - completará 72 em novembro -, Felipão reencontra o Cruzeiro em situação bastante distinta da primeira passagem, entre julho de 2000 a junho de 2001, quando alcançou 63,5% de aproveitamento - 40 vitórias, 23 empates e 12 derrotas em 75 jogos. Hoje, o clube tem as finanças assoladas por uma dívida de cerca de R$ 1 bilhão e briga para não ser rebaixado à Série C - está em 19º lugar, com 13 pontos em 16 jogos.

Sem vencer há quatro jogos na Segunda Divisão (derrotas para Cuiabá e Sampaio Corrêa e empates com Oeste e Juventude), a Raposa precisa do resultado positivo para não deixar os adversários que brigam na parte de baixo da tabela se distanciarem. Atualmente, o primeiro clube fora do Z4 é o Náutico, que soma 15 pontos, mas tem um jogo a menos.

Para tentar mudar a realidade do Cruzeiro, Luiz Felipe Scolari deverá contar, muito em breve, com reforços. Os meias Giovanni e Matheus Índio, além do atacante Angulo, já treinam com o grupo há algumas semanas, mas ainda não foram registrados em função de uma punição da Fifa. A direção celeste, no entanto, já quitou a dívida que originou a pena e espera poder utilizar o trio já no próximo compromisso.

Ainda sem esses jogadores, Felipão comandou um único trabalho nessa segunda-feira, no CT do Cajú, em Curitiba. Ele se encontrou com a delegação no hotel que serve de concentração para a equipe na capital paranaense. A tendência é que o novo treinador mantenha boa parte dos jogadores que foram escalados pelo interino Célio Lúcio no empate por 0 a 0 com o Juventude, na última sexta-feira.

A principal novidade será o lateral-esquerdo Matheus Pereira. Recuperado da COVID-19, ele deve retornar ao time na vaga de Daniel Guedes, que levou o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática. Rafael Luiz será deslocado para a direita, sua posição de origem. Também na linha de defesa, Manoel deixa o time, uma vez que testou positivo para o coronavírus.

Operário

Com 22 pontos na 9ª colocação da tabela, o Operário luta para fazer valer o mando de campo e impedir que o Cruzeiro se reabilite na Série B.

O time comandado por Gerson Gusmão poderá ter o meia Thomaz como principal novidade. Fora dos últimos cinco jogos, ele se recuperou de lesão muscular e fica à disposição do treinador. Pedro Ken (suspenso), Jean Carlo (lesionado), Tomas Bastos e Rafael Chorão (ambos por COVID-19), desfalcam a equipe diante do Cruzeiro.  

OPERÁRIO X CRUZEIRO

Fonte: Super Esportes

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: