Capa da Página Cruzeiro leva virada incrível do Itapetininga e é eliminado na Superliga - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

18/03/2021 às 09:13h

Cruzeiro leva virada incrível do Itapetininga e é eliminado na Superliga

Facebook

O Cruzeiro deu a impressão de que venceria em sets diretos e forçaria o terceiro e decisivo jogo contra o Itapetininga. Entretanto, a Raposa deu chance para a 'zebra' e foi eliminada nas quartas de final, depois de uma virada incrível da equipe paulista, que saiu em desvantagem e conquistou triunfo por 3 a 2, nesta quarta-feira, em Contagem. As parciais foram de 15/25, 18/25, 25/21, 25/23 e 18/16.

Na próxima fase, o Itapetininga terá pela frente o Minas, que eliminou o Blumenau também com dois triunfos - 3 a 0 em casa e 3 a 1 no interior catarinense. No outro lado da chave, o Taubaté poderá confirmar a classificação diante do América já nesta quinta-feira, quando os times se enfrentarão no segundo duelo dos playoffs, em Montes Claros. No primeiro jogo, os paulistas ganharam por 3 a 0.

O Itapetininga conseguiu feito histórico, já que pela primeira vez o time que encerrou a fase de classificação em oitavo lugar avançou diante do líder nos playoffs das quartas de final. O Cruzeiro fechou a primeira etapa com 60 pontos, quase o triplo dos paulistas, que somaram 26. Apesar da diferença nas campanhas, a Raposa, que ainda teve a vantagem de disputar as partidas eliminatórias em Contagem, por causa das restrições em decorrência da pandemia em São Paulo, sucumbiu contra a 'zebra' com duas derrotas na série melhor de três.

Hexacampeão, o time mais vencedor da Superliga e do vôlei brasileiro nos últimos anos poderá sofrer uma reformulação importante para a próxima temporada. O técnico Marcelo Mendez está cotado para trabalhar no vôlei europeu. O mesmo ocorre com outro argentino, o ponteiro Facundo Conte, que tem proposta de uma equipe polonesa.

VIRADA HISTÓRICA

Com a surpreendente derrota por 3 a 0 no primeiro jogo, o Cruzeiro entrou em quadra com outra postura. Mais ligado e consistente, além de eficiente no bloqueio e no saque, o time celeste fechou facillmente a parcial de abertura com 25 a 15. Na segunda parcial, o Itapetininga cresceu, mas a Raposa continuou melhor e ampliou: 25 a 18.

A expectativa era de triunfo em sets diretos do clube mineiro. Entretanto, aconteceu o que para muitos seria improvável, a espetacular reação do Itapetininga. Com o oposto Renan Buiatti em mais um dia inspirado, além das jogadas perfeitas do levantador Carísio, o time paulista buscou a recuperação e levou o jogo para o tie-break ao empatar em 2 a 2: 25 a 21 e 25 a 23.

No quinto e último set, o Cruzeiro sofreu em demasia e precisou correr atrás do rival. O Itapetininga teve o ponto da vitória nas mãos em seis ocasiões, todas salvas pelo time celeste. Até que o visitante aproveitou contra-ataque, explorou o bloqueio, fechou em 18 a 16 e comemorou muito a sensacional classificação para as semifinais.

O oposto Renan Buiatti foi o maior pontuador com nada menos que 25 acertos, dois deles em bloqueios. O gigante de 2,17m foi eleito o melhor em quadra - em votação promovida pela internet - e recebeu o Troféu VivaVôlei. Mineiro nascido em Uberlândia, de 31 anos, ele teve uma passagem rápida pelo clube celeste em 2016. Pelo Cruzeiro, Facundo Conte foi o mais efetivo e assinalou 22 pontos.  

Fonte: Super Esportes

Foto: Agência i7/Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: