Capa da Página Em dia de recorde, Hamilton cita Schumacher e Senna: Muito além do que sonhei - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

17/08/2020 às 10:25h

Em dia de recorde, Hamilton cita Schumacher e Senna: 'Muito além do que sonhei'

Facebook

Lewis Hamilton não se cansa de quebrar recordes na Fórmula 1. A vitória sem sustos no GP da Espanha, neste domingo, levou o britânico ao pódio de número 156 na carreira, superando a marca anterior construída pelo alemão Michael Schumacher.

Questionado sobre a façanha, o piloto da Mercedes fez questão de citar ainda o brasileiro Ayrton Senna, seu principal ídolo no esporte, e também o argentino Juan Manuel Fangio, primeiro grande campeão da categoria, nos anos 1950.

"Todos nós pilotos crescemos vendo Michael e sonhando em um dia estar aqui. Isso é muito além do que eu sonhei quando criança. Sempre me sinto humildemente muito honrado por ser mencionado ao lado de pilotos como ele, Ayrton e Fangio", declarou o hexacampeão.

Com o triunfo no Circuito da Catalunha, Hamilton chegou à 88ª vitória na categoria e está a três de igualar mais um recorde, também pertencente a Schumacher. Ao deixar o cockpit, o britânico dedicou o histórico resultado à equipe, à família e aos torcedores.

"Espero que a família Hamilton também esteja orgulhosa hoje. Quero agradecer a todos da minha equipe e saudar aos que assistiram a corrida em suas casas durante esses tempos difíceis Continuem em segurança e usando essas máscaras", declarou.

Ao contrário do que havia acontecido no GP dos 70º Aniversário da Fórmula 1, em Silverstone (Inglaterra), a Mercedes não voltou a enfrentar problemas graves com a duração dos pneus macios, mesmo sob calor na Catalunha.

"Houve um incrível esforço da equipe, pelo qual estou muito grato. Não esperava esse bom desempenho dos pneus. E a nossa estratégia foi perfeita. A gestão foi muito boa, houve um entendimento sobre o que havia acontecido na semana passada, e isso nos permitiu fazer o que fizemos hoje. Estou muito orgulhoso e totalmente motivado", elogiou Hamilton.

VERSTAPPEN - O bom desempenho da Mercedes não foi suficiente para Valterri Bottas defender a segunda colocação no grid. O finlandês foi ultrapassado na largada por Max Verstappen (Red Bull) e não conseguiu recuperar a segunda colocação na pista e nem no campeonato.

"Assim que Lewis começou a forçar, não consegui manter o ritmo e ele simplesmente foi embora. A partir daí, busquei a estratégia mais rápida para ficar à frente de Valtteri. Dividimos as Mercedes novamente e estou muito feliz por isso, embora ache que não haja muito mais o que eu possa fazer no momento", declarou o holandês.

Com o resultado final na Espanha, Lewis Hamilton lidera a temporada com 132 pontos, seguido por Verstappen (95) e Bottas (89). "Para mim, o momento chave foi a largada. Depois, foi complicado. Todos sabem o quão difícil é ultrapassar aqui. Não estou muito seguro sobre o que aconteceu, mas Lewis largou bem e os caras atrás de mim pegaram o vácuo", lamentou o finlandês.

Fonte: Itatiaia
Foto: Reprodução internet

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: